sicnot

Perfil

Mundo

Líderes da Liga Árabe de acordo sobre criação de força conjunta contra terrorismo

- Os chefes de Estado reunidos na Cimeira da Liga Árabe, no Egito, chegaram a acordo sobre o princípio da criação de uma força militar conjunta, especificamente para combater "os grupos terroristas", disse hoje o Presidente egípcio, Abdel Fattah al-Sissi.

© Stringer Egypt / Reuters

O anúncio surge num momento em que uma dezena de países árabes levam a cabo uma ofensiva no Iémen contra os rebeldes xiitas que controlam grande parte do país, uma operação militar considerada pelos líderes árabes como um "teste" para a futura força militar conjunta.


"Os líderes árabes chegaram a acordo sobre o princípio criação de uma força militar árabe", afirmou Sissi, que lidera a presidência rotativa da Liga Árabe, no segundo e último dia da cimeira anual que decorre em Sharm el-Sheikh, a estação balnear do Sinai egípcio, sem detalhar como será essa força, os seus objetivos ou a sua composição.


Dos 22 membros que compõem a Liga Árabe (incluindo o presidente da Autoridade Palestiniana, Mahmud Abbas), 21 chefes de Estado e monarcas presentes ou representados concordaram com a resolução apresentada pelo Egito.


Sissi é há várias semanas o chefe de Estado que reclama com maior insistência a criação desta força árabe para combater em particular o movimento do Estado Islâmico (EI), que multiplica as atrocidades no Iraque e na Síria e está a ganhar terreno na Líbia e no Egito.


A Liga Árabe, que invocou em várias ocasiões a "necessidade urgente" de "uma força de combate aos grupos terroristas", o primeiro dos quais o Estado Islâmico (EI), tem agora um mês para finalizar os detalhes da composição e das missões da força, segundo os diplomatas presentes em Sharm el Sheik.

Lusa
  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Trabalhadores da saúde iniciam greve nacional

    País

    Trabalhadores da saúde estão esta sexta-feira a cumprir uma greve a nível nacional para reivindicar a admissão de novos profissionais, exigir a criação de carreiras e a aplicação das 35 horas semanais a todos os funcionários do setor.

  • Portugal a tremer de frio
    3:07

    País

    Portugal continua a registar temperaturas negativas, sobretudo no Norte do país. Em Trás-os-Montes, por exemplo, marcaram mínimas de 11 graus abaixo de zero e os termómetros desceram tanto que congelaram rios, canalizações de água e até aquecimentos de escolas. Mas nem tudo é mau pois os produtores falam em boa época para curar fumeiro.

  • Juiz brasileiro morto em acidente aéreo investigava corrupção na Petrobras
    1:28
  • Zoo da Indonésia acusado de querer matar ursos à fome

    Mundo

    Um grupo de ativistas da Indonésia acusa o Jardim Zoológico de Bandung de estar a matar à fome os seus animais, incluindo os ursos-do-sol, para ser fechado. Um vídeo recentemente publicado mostra os ursos, que aparecem muito magros e a implorar por comida.

  • Podem as plantas ver, ouvir e até reagir?

    Mundo

    Um professor de Ciências Vegetais da Universidade de Missouri, nos Estados Unidos, passou quatro décadas a investigar as relações entre vegetais e insetos. Na visão de Jack Schultz, as plantas são "como animais muito lentos", que conseguem ver, ouvir, cheirar e até têm comportamentos próprios.