sicnot

Perfil

Mundo

Milhares marcham na Tunísia contra o terrorismo

A manifestação realizou-se uma semana depois do ataque ao museu do Bardo que provocou 23 mortos, num atentado foi reivindicado pelo movimento Estado Islâmico.

© Anis Mili / Reuters

A marcha contou com a presença de vários líderes internacionais como os presidentes de França e da Polónia e da Autoridade Palestiniana.

Portugal esteve representado pelo secretário de Estado dos Assuntos Europeus, Bruno Maçães, e pelo vice-presidente da Assembleia da República, Miranda Calha.


  • Atacantes de Barcelona "não estão a caminho da nossa fronteira"
    7:00

    Ataque em Barcelona

    O diretor da Unidade Nacional de Contraterrorismo da Polícia Judiciária esteve esta sexta-feira no Jornal da Noite para falar sobre o duplo atentado em Espanha. Luís Neves diz que o nível de ameaça em Portugal, perante os ataques, não foi alterado porque "não se detectou que tenha existido informação que possa colocar o nosso território em perigo".

  • O regresso a casa depois do incêndio no Sardoal
    2:43
  • Cerca de 20 mil portugueses vivem em Barcelona
    1:44