sicnot

Perfil

Mundo

Sobe para 4 o número de vítimas do atentando na Tunísia

O Presidente francês, François Hollande, anunciou hoje a morte de um quarto concidadão, após o atentado de 18 de março, no Museu Nacional do Bardo, em Tunes, na Tunísia.

© Zoubeir Souissi / Reuters

Trata-se de uma mulher que se encontrava gravemente ferida.


Um comunicado da Presidência francesa refere que François Hollande "prestará homenagem aos quatro compatriotas mortos e a todas as vítimas do horrível ataque", na marcha contra o terrorismo, que se realiza no domingo, na capital tunisina.


O atentado, reclamado pela organização extremista autointitulada Estado Islâmico, causou 22 mortos - 21 turistas estrangeiros, incluindo quatro franceses, e um polícia tunisino.


Desde 2002, é o primeiro ataque a atingir estrangeiros na Tunísia.



Lusa

  • "Os outros animais não vivem no mundo moral como nós"
    3:51

    País

    A presidente da associação ANIMAL, Rita Silva, tem a seu cargo o cão que, em 2013, ficou conhecido por ter estado envolvido na morte duma criança de 18 meses, em Beja. Segundo a ativista, vão continuar a acontecer episódios trágicos se a fiscalização não for reforçada e se os próprios donos não tiverem consciência da responsabilidade que implica ter um animal.

  • "Tanolas" tem cadastro criminal e já foi condenado a pena suspensa
    0:55