sicnot

Perfil

Mundo

Avião solar descolou da Birmânia rumo à China

O avião Solar Impulse 2, que trabalha com energia do Sol, descolou hoje de Mandalay, segunda cidade da Birmânia, em direção a Chongqing, na China, cumprindo a quinta etapa da sua viagem à volta do mundo.

© Soe Zeya Tun / Reuters

A equipa de pilotagem esperou, em Mandalay, mais de uma semana que o estado do tempo melhorasse no sudoeste da China para se lançar numa das etapas mais difíceis do percurso - um trajeto de 1.375 quilómetros a fazer em cerca de 18 horas, sob frio extremo.


Desde o posto de controlo da missão, no Mónaco, o príncipe Alberto deu em direto a autorização de descolagem a Bertrand Piccard, um dos dois pilotos suíços do Solar Impulse 2.


Nesta etapa, a dupla deverá enfrentar temperaturas negativas, que podem chegar aos -20ºC na cabina de pilotagem, e dificuldades inerentes ao sobrevoo das províncias montanhosas de Yunnan e Sichuan, na China.


O aparelho vai sobrevoar uma zona isolada da região fronteiriça entre a Birmânia e a China, onde intensos combates opõem rebeldes chineses da etnia maioritária Kokang ao Exército birmanês.


O Solar Impulse 2 partiu, a 09 de março, de Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos, aonde deverá regressar em julho ou agosto.


Lusa
Ao todo, a aeronave vai percorrer 35 mil quilómetros, sobrevoando dois oceanos.

Prevista em 12 etapas, a volta ao mundo é o culminar de 12 anos de investigação dos dois pilotos, que procuram, além da exploração científica, veicular uma mensagem política.

  • Portugal a tremer de frio
    3:07

    País

    Portugal continua a registar temperaturas negativas, sobretudo no Norte do país. Em Trás-os-Montes, por exemplo, marcaram mínimas de 11 graus abaixo de zero e os termómetros desceram tanto que congelaram rios, canalizações de água e até aquecimentos de escolas. Mas nem tudo é mau pois os produtores falam em boa época para curar fumeiro.

  • Michelle Obama partilhou momento de despedida da Casa Branca
    1:43
  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Podem as plantas ver, ouvir e até reagir?

    Mundo

    Um professor de Ciências Vegetais da Universidade de Missouri, nos Estados Unidos, passou quatro décadas a investigar as relações entre vegetais e insetos. Na visão de Jack Schultz, as plantas são "como animais muito lentos", que conseguem ver, ouvir, cheirar e até têm comportamentos próprios.

  • Zoo da Indonésia acusado de querer matar ursos à fome

    Mundo

    Um grupo de ativistas da Indonésia acusa o Jardim Zoológico de Bandung de estar a matar à fome os seus animais, incluindo os ursos-do-sol, para ser fechado. Um vídeo recentemente publicado mostra os ursos, que aparecem muito magros e a implorar por comida.