sicnot

Perfil

Mundo

Tiroteio junto à Agência de Segurança Nacional dos EUA faz dois feridos

As autoridades dos Estados Unidos confirmaram esta segunda-feira que pelo menos duas pessoas ficaram feridas num tiroteio junto da entrada das instalações da Agência de Segurança Nacional (NSA) em Maryland (leste), perto de Washington.

Dois homens, dentro de um veículo, tentaram derrubar um dos portões do complexo de Fort Meade, no estado de Maryland. (Arquivo)

Dois homens, dentro de um veículo, tentaram derrubar um dos portões do complexo de Fort Meade, no estado de Maryland. (Arquivo)

© Handout . / Reuters

"O FBI de Baltimore está a investigar um tiroteio ocorrido hoje de manhã na entrada da NSA em Fort Meade", afirmou Amy Thoreson, uma porta-voz da polícia federal norte-americana.

"Não acreditámos que exista uma ligação com terrorismo", precisou a porta-voz.  

Nem o FBI, nem o exército norte-americano, responsável pela gestão do complexo militar, quiseram confirmar a existência de uma vítima mortal, informação que foi noticiada por vários órgãos de comunicação social locais. 

O exército norte-americano apenas confirmou que duas pessoas ficaram feridas no tiroteio, sem precisar a gravidade dos ferimentos. 

A situação não foi comentada, até ao momento, pela NSA.

Um porta-voz da Casa Branca, Eric Schultz, indicou que o Presidente norte-americano, Barack Obama, "tinha sido informado" sobre os acontecimentos.

Segundo o jornal The Washington Post, o tiroteio ocorreu quando duas pessoas num veículo tentaram transpor o portão de entrada das instalações militares de Fort Meade.

A par da NSA, a base de Fort Meade também integra o comando militar norte-americano para o ciberespaço ('US Cyber Command') e outras agências norte-americanas.

No total, perto de 11 mil militares e 29 mil civis trabalham em Fort Meade.

A NSA é a agência dos serviços de informações norte-americanos encarregada da vigilância interna e esteve no centro das revelações sobre os programas de espionagem eletrónica feitas pelo ex-analista informático Edward Snowden. 

Com Lusa
  • Traço contínuo às curvas
    2:42
  • Quando se pode circular pela esquerda? A GNR explica (e fiscaliza)
    5:46

    Edição da Manhã

    A regra aplica-se a autoestradas e outras vias com esse perfil mas dentro das localidades há exceções. A Guarda Nacional Republicana está a promover em todo o território nacional várias ações de sensibilização e fiscalização no sentido de prevenir e reprimir a circulação de veículos pela via do meio ou da esquerda quando não exista tráfego nas vias da direita. O major Paulo Gomes, da GNR, esteve na Edição da Manhã. 

  • Jovens impedidas de embarcar de leggings

    Mundo

    A moda das calças-elásticas-super-justas volta a fazer estragos. Desta vez nos EUA onde duas adolescentes foram impedidas de embarcar num voo da United Airlines devido à indumentária, que não cumpria com as regras dos tripulantes ou acompanhantes da companhia aérea norte-americana.

    Manuela Vicêncio

  • Cristas calcula défice de 3,7% sem "cortes cegos" das cativações
    0:45

    Economia

    Assunção Cristas diz que o défice de 2,1% só foi conseguido porque o Governo fez cortes cegos na despesa pública. Esta manhã, depois de visitar uma unidade de cuidados continuados em Sintra, a presidente do CDS-PP afirmou que, pelas contas do partido, sem cativações, o défice estaria nos 3,7%.

  • O pedido de desculpas de Dijsselbloem
    2:12

    Mundo

    O Governo português continua a mostrar a indignação que diz sentir perante as declarações do presidente do Eurogrupo. O ministro dos Negócios Estrangeiros português garante que com Dijsselbloem "não há conversa possível". Jeroen Dijsselbloem começou por recusar pedir desculpa mas depois cedeu perante a onda de indignação.