sicnot

Perfil

Mundo

Tiroteio junto à Agência de Segurança Nacional dos EUA faz dois feridos

As autoridades dos Estados Unidos confirmaram esta segunda-feira que pelo menos duas pessoas ficaram feridas num tiroteio junto da entrada das instalações da Agência de Segurança Nacional (NSA) em Maryland (leste), perto de Washington.

Dois homens, dentro de um veículo, tentaram derrubar um dos portões do complexo de Fort Meade, no estado de Maryland. (Arquivo)

Dois homens, dentro de um veículo, tentaram derrubar um dos portões do complexo de Fort Meade, no estado de Maryland. (Arquivo)

© Handout . / Reuters

"O FBI de Baltimore está a investigar um tiroteio ocorrido hoje de manhã na entrada da NSA em Fort Meade", afirmou Amy Thoreson, uma porta-voz da polícia federal norte-americana.

"Não acreditámos que exista uma ligação com terrorismo", precisou a porta-voz.  

Nem o FBI, nem o exército norte-americano, responsável pela gestão do complexo militar, quiseram confirmar a existência de uma vítima mortal, informação que foi noticiada por vários órgãos de comunicação social locais. 

O exército norte-americano apenas confirmou que duas pessoas ficaram feridas no tiroteio, sem precisar a gravidade dos ferimentos. 

A situação não foi comentada, até ao momento, pela NSA.

Um porta-voz da Casa Branca, Eric Schultz, indicou que o Presidente norte-americano, Barack Obama, "tinha sido informado" sobre os acontecimentos.

Segundo o jornal The Washington Post, o tiroteio ocorreu quando duas pessoas num veículo tentaram transpor o portão de entrada das instalações militares de Fort Meade.

A par da NSA, a base de Fort Meade também integra o comando militar norte-americano para o ciberespaço ('US Cyber Command') e outras agências norte-americanas.

No total, perto de 11 mil militares e 29 mil civis trabalham em Fort Meade.

A NSA é a agência dos serviços de informações norte-americanos encarregada da vigilância interna e esteve no centro das revelações sobre os programas de espionagem eletrónica feitas pelo ex-analista informático Edward Snowden. 

Com Lusa
  • Não houve negligência médica no caso do jovem que morreu em São José
    2:33

    País

    Afinal, não houve negligência médica no caso do jovem que morreu há cerca de um ano no Hospital de São José, vítima de um aneurisma. Esta é a conclusão da Ordem dos Médicos e dos peritos do Instituto de Medicina Legal. Segundo o jornal Expresso, todos os relatórios relatórios pedidos pelo Ministério Público e pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central dizem que o corpo clínico do hospital não teve responsabilidades na morte de David Duarte.

  • Jovens estariam de fones e poderão não ter ouvido comboio a aproximar-se
    1:47

    País

    As adolescentes, de 13 e 14 anos, encontradas mortas junto à linha do norte perto de Coimbra podem não ter ouvido a aproximação do comboio, uma vez que estariam de auriculares. Os corpos só foram descobertos 36 horas depois do desaparecimento das jovens, aparentemente vítimas de um descuido fatal.

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.