sicnot

Perfil

Mundo

Três médicos estrangeiros expulsos de hospital angolano por falta de humanismo

A direção do Hospital Geral de Malanje, no norte de Angola, decidiu expulsar três médicos estrangeiros que ali exerciam funções, devido à alegada falta de humanismo que demonstravam, foi hoje divulgado.

Darko Bandic

A direção do hospital central daquela província angolana não revelou a nacionalidade dos médicos, mas admitiu que a unidade apresenta ainda assim um défice de 70 profissionais.

O diretor clínico do Hospital Geral de Malanje afirmou, citado pela rádio pública angolana, que estes três médicos expatriados foram expulsos devido à "falta de humanismo" na relação com utentes, mas não só.

"Falta de humanismo até no sentido da colaboração com os outros profissionais", explicou ainda Jacob Lenvo, sem adiantar mais pormenores sobre os alegados comportamentos incorretos destes médicos.

De acordo com dados da Ordem dos Médicos de Angola, o número destes profissionais a trabalhar no país é ainda insuficiente, numa relação de um clínico por cada oito mil habitantes.

Lusa
  • Sporting de Braga eliminado da Liga Europa
    2:01
  • Dissolução da União Soviética aconteceu há 25 anos

    Mundo

    Assinalaram-se esta quinta-feira 25 anos desde o fim do acordo que sustentava a União Soviética. A crise começou em 80, mas aprofundou-se nos anos 90 com a ascensão de movimentos nacionalistas em praticamente todas as repúblicas soviéticas.