sicnot

Perfil

Mundo

Senado de França rejeita punição de clientes da prostituição

O Senado francês rejeitou, na segunda-feira à noite, a punição dos clientes das prostitutas e restabeleceu o delito de solicitação, contrariando uma proposta de lei socialista para reforçar a luta contra a prostituição.

A prostituição é legal em França, onde apenas o proxenetismo é sancionado. (Arquivo)

A prostituição é legal em França, onde apenas o proxenetismo é sancionado. (Arquivo)

© Pilar Olivares / Reuters

A prostituição é legal em França, onde apenas o proxenetismo é sancionado. 

O delito de solicitação foi instituído em 2003 pelo governo de direita, por iniciativa do então ministro do Interior Nicolas Sarkozy. Ao abrigo dessa lei, as prostitutas que tentem aliciar clientes na via pública, "incluindo através de uma atitude passiva", incorrem numa pena de dois meses de prisão e numa multa de 3.750 euros.

O texto proposto ao Senado, onde a direita é maioritária, previa  abolir o delito de solicitação e instaurar em contrapartida a penalização dos clientes.

A câmara alta modificou no entanto o texto, reintegrando o delito de solicitação, fortemente criticado pelas associações que representam as prostitutas, e eliminando as sanções aos clientes.

A ministra da Saúde e dos Assuntos Sociais, Marisol Touraine, considerou hoje "inacreditável e regressivo" os senadores terem "renunciado à penalização dos clientes" e terem feito das "prostitutas culpadas e não vítimas" ao restabelecerem o delito de solicitação.

"O que se passou esta noite é um desrespeito absoluto e inacreditável pelas mulheres", disse a ministra à televisão France 2.

A legislação vai agora ser reenviada para a Assembleia Nacional (câmara baixa) e, em caso de desacordo entre as duas câmaras, a última palavra cabe à câmara baixa, onde a maioria é de esquerda.

"A nossa determinação e a nossa confiança mantêm-se intactas e o nosso objetivo é o mesmo: permitir às cerca de 90% das pessoas que se prostituem que são vítimas de tráfico (de seres humanos), na sua imensa maioria mulheres, sair finalmente dessa verdadeira escravatura moderna", afirmaram as deputadas socialistas Catherine Coutelle e Maud Olivier, autoras da proposta.

Para o deputado da União por um Movimento Popular (UMP, direita) Jean-Pierre Vial, "a penalização dos clientes envolveria mais riscos do que benefícios", pelo que "era lógico restabelecer a solicitação".

A penalização dos clientes é apoiada pelos movimentos que defendem a abolição da prostituição (Movimento o Ninho, Fundação Scelles, entre outros), mas as associações que representam as prostitutas opõem-se, considerando que as empurraria para a clandestinidade e as tornaria mais vulneráveis a abusos.

Para estas associações, o delito de solicitação instituído em 2003 precarizou e estigmatizou as prostitutas.

Em França há um número estimado de 30.000 trabalhadores do sexo, sobretudo mulheres, mais de 80 por cento das quais estrangeiras. Segundo o Ministério do Interior, a maioria das prostitutas estrangeiras é proveniente da Europa de Leste, África, China e América do Sul.
Lusa
  • Os melhores do mundo pela FIFA da última década

    Desporto

    O português Cristiano Ronaldo e o argentino Lionel Messi têm repartido de forma igual os prémios de melhor jogador do mundo pela FIFA, na última década. Apesar destes dois nomes serem os mais falados, muitos outros jogadores foram nomeados para o prémio. Conheça a lista dos nomeados e dos vencedores desde 2007.

  • "Avançámos em primeiro lugar com incentivos às empresas"
    18:07

    Economia

    O ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, esteve na Edição da Noite da SIC Notícias para falar do que pode ser feito depois da tragédia dos incêndios que assolou o país na última semana. O governante diz que já avançou com incentivos às empresas afetadas e que neste momento o mais importante é preservar a segurança das pessoas.

    Entrevista SIC Notícias

  • Santana Lopes lamenta que Rui Rio tenha recusado debates com as bases do PSD
    0:40

    País

    Pedro Santana Lopes lamenta que Rui Rio tenha recusado a realização de debates com as bases do partido. Fernando Negrão, responsável pela candidatura de Santana Lopes à presidência do PSD, já tinha advertido em comunicado que a posição de Rui Rio poderia também inviabilizar quaisquer outros frente a frente, incluindo os organizados pela comunicação social. Santana Lopes está na Guarda, no primeiro jantar com apoiantes desde que anunciou a candidatura.

  • Tudo o que precisa saber sobre a moção de censura

    País

    O Governo minoritário do PS enfrenta na terça-feira a sua primeira moção de censura, a 29.ª em 43 anos de democracia, mas PCP, BE e PEV já anunciaram que vai "chumbar" a iniciativa do CDS-PP. Esta é a sétima moção de censura apresentada pelo CDS-PP e a 29.ª a ser discutida na Assembleia da República. Os três partidos de esquerda que têm apoiado o executivo, PCP, BE e PEV, já anunciaram que votam contra. Com os votos do PS, a moção é chumbada.

  • Gémeas correm risco de vida se não saírem de Gaza

    Mundo

    Duas irmãs gémeas siamesas correm risco de vida enquanto permanecerem em Gaza. Quem diz é o médico Alam Abu Hamba, do Hospital de Shifra, que garante que "situação complicada" das meninas não pode ser tratada por médicos no território costeiro, atulamente bloqueado pelo Egito e por Israel. Abu Hamba espera que o casal de gémeas possa ser transferido para fora da separação.

  • Encontrado corpo de menina posta de castigo na rua pelo pai

    Mundo

    Sherin Mathews estava desaparecida desde o dia 7 de outubro. Este domingo a polícia do estado norte-americano do Texas encontrou o corpo de uma criança que acreditam ser a menina de três anos, desaparecida depois de o pai a colocar de castigo na rua, durante a madrugada.

    SIC