sicnot

Perfil

Mundo

Morreu a mulher mais velha do mundo

 A pessoa mais velha do mundo, a japonesa Misao Okawa, morreu hoje aos 117 anos por causas naturais, informou a estação pública nipónica NHK.

© KYODO Kyodo / Reuters

Misao Okawa morreu pouco antes das sete da manhã locais (noite de terça-feira em Lisboa) num lar em Osaka, no oeste do Japão, onde residia, disseram fontes médicas à NHK.


Desde fevereiro de 2013, Okawa era reconhecida como a mulher mais velha do mundo pelo "Guinness Book of Records", e desde agosto desse mesmo ano como a pessoa mais velha viva. 


Okawa nasceu a 05 de março de 1898 em Osaka, e tinha três filhos, quatro netos e seis bisnetos.


Os seus segredos para a longevidade eram viver sem 'stress', dormir pelo menos oito horas diárias e comer o que gostava e de forma abundante, explicou em várias ocasiões à imprensa japonesa. 


A japonesa celebrou o seu último aniversário no lar onde residia, junto da família, incluindo o filho mais velho Hiroshi, de 92 anos, e um bisneto de dois anos.


O Japão é também o país de origem do homem mais velho do mundo, Sakari Momoi, de 112 anos.


Em 2013, a esperança média de vida para as mulheres no Japão era de 86,61 anos, a maior do mundo, enquanto para os homens era de 80,21, a quarta mais extensa do mundo, de acordo com o Ministério da Saúde.


Lusa
  • Japonesa Misao Ohkawa celebra 117 anos e é a pessoa mais idosa do mundo

    Mundo

    A pessoa mais velha do mundo celebra hoje 117 anos de vida. A festa da japonesa Misao Ohkawa aconteceu um dia antes da data oficial, por motivos que não foram explicados. A centenária recebeu um ramo de flores por mais um aniversário, celebrado na companhia da família. Ohkawa nasceu em 1898 e casou em 1919. Foi mãe de três filhos e tem quatro netos e seis bisnetos. Nunca teve uma doença grave e anda de cadeira de rodas só para evitar eventuais quedas. De acordo com o Governo japonês, o país tem 58 mil pessoas com mais de cem anos – ou seja, mais quatro mil e 400 que no ano passado.

  • Japonesa celebra 117 anos
    0:55

    Mundo

    A mulher mais velha do mundo faz 117 anos. Misao Okawa nasceu em 1898 no Japão e recebeu ontem a visita de filhos, netos e bisnetos para antecipar o aniversário.

  • "Foi o momento mais difícil da minha vida", disse a ministra emocionada
    3:24
  • A fábrica de caças na base aérea de Monte Real
    3:35

    País

    A Força Aérea portuguesa é a única força militar, para além da norte-americana, que pode mexer em praticamente todo o motor de um caça F-16. Na base aérea de Monte Real há uma fábrica de caças que pode levar o país a comprar mais aviões às peças, para revender a outras forças militares.

  • Comprar ou arrendar casa?
    8:25
  • Fui contactado por um espectador do “Contas-Poupança” (quartas-feiras, Jornal da Noite, SIC) e leitor do blogue www.contaspoupanca.pt, que foi surpreendido com uma carta do banco a aumentar o spread porque um dos serviços que tinha subscrito tinha sido extinguido. Neste caso específico, a domiciliação de ordenado. Ora, o cliente ficou estupefacto porque não mudou de empresa, não foi despedido nem tinha havido nenhuma alteração no recebimento do ordenado naquela conta.

    Pedro Andersson

  • NotPetya: Lourenço Medeiros explica o novo ciberataque global
    2:44

    Mundo

    A Ucrânia está a ser seriamente afetada por um novo ataque informático. Algumas empresas de grande dimensão estão a ser prejudicadas, agravando a dimensão global do ataque, o qual não parece ser dirigido a ninguém em concreto. Ontem, nas primeiras horas do ataque, não parava de crescer o número de vítimas.

  • Temer acusado de prejudicar Polícia Federal
    2:36
  • Trump interrompe telefonema para elogiar jornalista

    Mundo

    A jornalista irlandesa Caitriona Perry viu-se esta terça-feira envolvida num momento que a própria classificou de "bizarro": um encontro inesperado com Donald Trump, que interrompeu um telefonema com o primeiro-ministro irlandês para... a elogiar.

    SIC

  • Caricaturas de Trump invadem capital do Irão

    Mundo

    O Irão está a organizar um concurso internacional de caricaturas do Presidente norte-americano Donald Trump. Pelas ruas de Teerão já vão surgindo algumas imagens alusivas ao festival que vai realizar-se no próximo mês de julho.