sicnot

Perfil

Mundo

Polícia indiana detém mais 4 suspeitos por violação de freira

A polícia indiana anunciou hoje a detenção quatro nacionais do Bangladesh suspeitos no caso de violação de uma freira idosa, que está a chocar a comunidade cristã do país.

© Adnan1 Abidi / Reuters

A religiosa, com mais de 70 anos, necessitou de uma cirurgia na sequência da agressão sexual de que foi alvo no mês passado, quando um gangue de assaltantes invadiu um colégio de freiras onde residia, no estado de West Bengal, no leste da Índia. 


O vice-inspetor geral Dilip Kumar Adak disse que a polícia seguiu os suspeitos até ao estado de Punjab, no norte, depois de imagens captadas por câmaras de videovigilância terem circulado a nível nacional. 


"Mais quatro nacionais do Bangladesh que se assemelham às fotografias e desenhos dos suspeitos na violação e roubo da escola secundária do Convento de Jesus em Ranaghat foram detidos", afirmou.


Outros dois suspeitos no caso estão sob custódia depois de terem sido detidos na semana passada.


Adak disse que a polícia identificou, através das imagens de CCTV, oito pessoas que entraram no convento.


Um deles tinha sido contratado pelas freiras para fazer trabalhos de construção, acrescentou. 

Lusa



  • Bataglia deixou passar 12 milhões pela sua conta a pedido de Salgado
    2:05

    Operação Marquês

    O presidente da Escom e arguido na Operação Marquês Helder Bataglia terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, amigo de José Sócrates. O amigo de Sócrates e Bataglia terão combinado várias formas de não levantar suspeitas. A notícia é avançada pelo jornal Expresso na edição deste sábado.

  • Patrões não aceitam alterações ao acordo de concertação social
    2:25

    Economia

    As confederações patronais foram esta sexta-feira ao Palácio de Belém dizer ao Presidente da República que não aceitam que o Parlamento faça alterações ao acordo de concertação social. Os patrões dizem ainda ter esperança que o Parlamento não chumbe o decreto-lei que reduz a TSU das empresas com salários mínimos.

  • Dirigente derrotado da Gâmbia concorda em ceder poder

    Mundo

    O ex-presidente e candidato derrotado das eleições na Gâmbia, Yahya Jammeh, concordou em ceder o poder ao novo Presidente do país, empossado na quinta-feira, indicou esta sexta-feira um responsável governamental senegalês.