sicnot

Perfil

Mundo

Vaticano e Itália assinam primeiro acordo de colaboração fiscal

O Vaticano e a Itália assinaram hoje o primeiro acordo de colaboração para lutar contra a evasão fiscal, que prevê taxar os rendimentos financeiros dos institutos que têm fundos no banco do Vaticano. 

1975 - É assinado, no Vaticano, o protocolo adicional à Concordata, entre Portugal e a Santa Sé, que permite o divórcio aos católicos.

1975 - É assinado, no Vaticano, o protocolo adicional à Concordata, entre Portugal e a Santa Sé, que permite o divórcio aos católicos.

A convenção foi assinada pelo arcebispo Paul Richard Gallagher, secretário para as relações com os Estados, e pelo ministro da Economia e das Finanças italiano, Pier Carlo Padoan. 

No mês passado, o primeiro-ministro italiano, Matteo Rinzi, disse ao semanário L'Espresso que a Itália esperava "recuperar algum dinheiro do Vaticano", ao negociar com o pequeno Estado católico um acordo idêntico aos já assinados com a Suíça, Mónaco e Liechtenstein para lutar contra a evasão fiscal. 

"A transparência e a sã colaboração com o Estado italiano" foram os critérios que inspiraram este acordo, declarou o porta-voz adjunto do Vaticano, padre Ciro Benedettini. 

A principal novidade deste acordo é a aplicação de impostos, a partir do ano de 2014, sobre os rendimentos financeiros dos institutos que depositaram fundos no Instituto para as Obras Religiosas (IOR), o banco do Vaticano, afirmou. 

Lusa
  • 105 detidos pela PSP e GNR nas últimas 24 horas

    País

    Só a GNR deteve 64 pessoas em flagrante delito, entre a noite de sexta-feira e o início da manhã deste sábado, a maioria das quais (47) por condução sob o efeito do álcool. A PSP de Lisboa efetuou 41 detenções em 24 horas, dez por tráfico de droga.

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.