sicnot

Perfil

Mundo

Organização dos Direitos Humanos preocupada com execuções por fuzilamento nos EUA

A Comissão Interamericana de Direitos Humanos manifestou hoje a sua "profunda preocupação" com a lei do estado do Utah que autoriza o recurso a pelotões de fuzilamento para as execuções quando não houver fármacos disponíveis para preparar a injeção letal. 

Buracos de balas na sala de execuções por fuzilamento na prisão do Utah onde, desde 23 de março, é permitido o uso de um pelotão de fuzilamento para executar os presos condenados à morte, no caso de não dispor de injeções letais.

Buracos de balas na sala de execuções por fuzilamento na prisão do Utah onde, desde 23 de março, é permitido o uso de um pelotão de fuzilamento para executar os presos condenados à morte, no caso de não dispor de injeções letais.

© POOL New / Reuters

"Fontes como o Centro de Informação sobre a Pena de Morte informaram que a execução por fuzilamento pode causar uma morte desumana, lenta e dolorosa", explica em comunicado a Comissão Interamericana dos Direitos Humanos (CIDH), organismo autónomo da Organização de Estados Americanos (OEA), com sede em Washington. 

A Comissão recorda aos Estados Unidos a sua obrigação internacional de não expor as "pessoas sob a sua jurisdição a punição cruel e invulgar", acrescentou.

O governador do estado norte-americano do Utah, Gary Herbert, assinou a 23 de março a polémica lei que reinstaura o uso de um pelotão de fuzilamento para executar os presos condenados à morte nesse estado, no caso de não dispor de injeções letais. 


  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Mais de 50 detidos pela GNR em 12 horas

    País

    A GNR fez 51 detenções entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, 39 das quais por condução sob efeito do álcool ou sem carta, e três por violência doméstica, segundo um comunicado hoje divulgado.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".

  • Monumentos de 7 mil cidades às escuras por 1 hora
    2:51