sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos 17 mortos e 40 feridos em atentado no leste do Afeganistão

Pelo menos 17 pessoas morreram hoje e 40 ficaram feridas num atentado suicida perpetrado durante uma manifestação em Khost, no leste do Afeganistão, perto da fronteira com o Paquistão, anunciaram as autoridades locais. 

HEDAYATULLAH AMID

O atentado ocorreu cerca das 10:00 locais (06:30 em Lisboa), quando milhares de manifestantes se dirigiam para a residência do governador da província de Khost, Abdul Jabar Naeemi, que acusam de corrupção, disse à agência noticiosa espanhola EFE o porta-voz do governador, Mubariz Zadran. 

Zadran acrescentou que o número de vítimas pode aumentar nas próximas horas, dado que alguns feridos estão em estado crítico. 

O deputado e presidente da comissão de Defesa do parlamento afegão, Homayoon Homayoon, ficou ferido no atentado. 

Os talibãs, responsáveis pela grande maioria dos atentados no Afeganistão, negaram a autoria deste atentado, disse o porta-voz dos rebeldes, Zabihullah Mujahid, na sua conta na rede social "Twitter". 

Em novembro passado, meia centena de pessoas morreu quando um terrorista suicida se fez explodir durante um jogo de voleibol, na província de Khost, junto à fronteira com zonas tribais paquistanesas, refúgio de combatentes islamitas. A zona é, desde junho, palco de uma vasta operação do exército paquistanês. 

A província de Khost é considerada um bastião da rede Haqqani, poderoso ramo dos talibãs afegãos, que geralmente não reivindicam atentados contra alvos civis. 

De acordo com um relatório da ONU, publicado em fevereiro, o número de vítimas civis do conflito afegão aumentou no ano passado, com perto de 3.700 mortos e 6.850 feridos. 

Este aumento, de 22% relativamente ao ano anterior, deveu-se à intensificação dos combates terrestres.

A NATO terminou, no fim do ano passado, a missão de combate no Afeganistão, ISAF, que foi substituída desde janeiro pela operação "Apoio Decidido", que integra perto de quatro mil soldados em tarefas de assistência e formação das forças de segurança afegãs. 

Os Estados Unidos mantêm a missão antiterrorista no Afeganistão com 9.800 soldados. 

Na semana passada, o presidente norte-americano, Barack Obama, anunciou que vai manter a operação no terreno até final do ano, em vez de reduzir os efetivos para metade, como inicialmente previsto. 

Lusa

  • Outros casos de fuga de prisões portuguesas
    2:58

    País

    Nos últimos cinco anos, 52 reclusos fugiram de cadeias portuguesas, mas foram todos recapturados. Entre 1999 e 2009, fugiram oito reclusos da prisão de Caxias. Em 2005, um homem condenado a 21 anos de prisão fugiu de Coimbra, viajando por França e pela Polónia. Manuel Simões acabou por ser detido no regresso a Portugal.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.