sicnot

Perfil

Mundo

Espeleólogos espanhóis desaparecidos desde terça-feira em Marrocos

Três espeleólogos espanhóis estão desaparecidos desde terça-feira em Marrocos, numa zona montanhosa do Alto Atlas situada entre Marraquexe e Ouarzazate (sul), indicou na sexta-feira uma fonte diplomática à AFP.

© Youssef Boudlal / Reuters

Os três homens estavam integrados num grupo de nove espanhóis que tinham ido fazer espeleologia na região e se tinham dividido no domingo para explorar diferentes grutas, combinando reencontrar-se na segunda ou na terça-feira, adiantou a mesma fonte.

Desconhecendo o paradeiro dos seus companheiros, o resto do grupo deu o alerta na terça-feira à tarde.

O diretor do conselho provincial do turismo de Ouarzazate Zubir Bouhour adiantou que os espanhóis se encontravam na fronteira entre as províncias de Ouarzazate, Tinghir e Azilal e não iam acompanhados por um guia.

"As autoridades marroquinas estão a fazer buscas, inclusivamente com helicópteros. Mas a geografia da região não ajuda. O terreno é acidentado e há muito nevoeiro, bem como numerosas cavidades", continuou.

A região situa-se a 150-200 quilómetros a leste de Marraquexe, em pleno maciço do Alto Atlas, onde as montanhas ultrapassam os 3.000 metros de altitude.



Lusa
  • Manuel Delgado demitiu-se devido a "grave violação da privacidade"

    País

    O ex-secretário de Estado da Saúde diz que apresentou a demissão para "não perturbar nem criar qualquer tipo de embaraço ao normal funcionamento do Governo". Num comunicado, Manuel Delgado esclarece que foi remunerado pelo trabalho de consultor na Raríssimas "muito antes" da entrada no Governo e acrescenta que respeitou na íntegra todo o quadro legal e ético.

  • O que vai mudar nos recibos verdes
    2:55

    Economia

    Os trabalhadores independentes vão descontar menos para a Segurança Social já no próximo ano. A taxa vai descer dos 29,6% por cento para os 21,4%. A descida será compensada por um aumento das contribuições pagas pelos patrões. Há também alterações em caso de desemprego e o subsídio de doença passa a ser pago ao fim de 10 dias em vez de 31.

  • Tripulantes da TAP acusam companhia de desrespeitar compromissos
    3:16

    Economia

    O Sindicato que representa os tripulantes da TAP acusa a empresa de estar a violar a lei. A companhia aérea portuguesa denunciou unilateralmente o acordo de empresa com os tripulantes e apresentou novas condições, que o sindicato considera indignas. Diz que os tripulantes fizeram esforços pela companhia no verão e que agora estão a ser desrespeitados.

  • Uma "Árvore da Esperança" pelas vítimas dos fogos
    2:01
  • Bebé nasce com coração fora do peito e sobrevive
    2:06
  • Zapatou volta a eleger os melhores vídeos da internet
    6:28