sicnot

Perfil

Mundo

Papa condena atentado "brutal" e "sem sentido" que matou 147 pessoas no Quénia

O papa Francisco condenou hoje o ataque, que definiu como brutal e sem sentido, do grupo jihadista somali Al Shabab à universidade de Garissa, no Quénia, que matou 147 pessoas.

© Feisal Omar / Reuters

"Sua Santidade condena este ato de brutalidade sem sentido e reza por uma mudança de atitude dos seus autores", pode ler-se num telegrama de pêsames que o secretário de Estado vaticano, Pietro Parolín, enviou em nome do pontífice ao arcebispo de Nairobi, John Njue.

No telegrama, refere-se que o papa está "profundamente entristecido pela imensa e trágica perda de vidas causada pelo ataque à Universidade de Garissa".

Na mensagem, o papa apelou, ainda, para que todas as autoridades "redobrem os seus esforços para trabalhar com todos os homens e mulheres do Quénia para pôr fim a essa violência e acelerar o amanhecer de uma nova era de fraternidade, justiça e paz".

Francisco exprimiu ainda a sua "proximidade espiritual às famílias das vítimas e a todos os quenianos neste momento doloroso".

O papa encomendou ainda as almas dos mortos "à misericórdia infinita de Deus".

Um comando de jihadistas entrou na quinta-feira na universidade fingindo tratar-se de fiéis que iam rezar na mesquita do campus e detonaram vários artefactos explosivos e dispararam de forma indiscriminada por todo o recinto, que habitualmente acolhe mais de 800 alunos.

Os elementos do Al Shaba mantiveram refém um grupo indeterminado de estudantes e professores com o objetivo de matar todos os que não fossem muçulmanos.








Lusa
  • Voluntários portugueses rumam ao México com cães de salvamento
    1:59

    Mundo

    Nuno Vieira e Marco Saraiva são voluntários de Braga. Com os seus dois cães, "Koi" e "Yuki", formam uma equipa de resgate e partem esta noite para o México, para ajudar na busca e salvamento de vítimas do terramoto que abalou o país esta terça-feira. A equipa portuguesa faz parte de uma ONG espanhola.

  • Furacão Maria deixa rasto de destruição em Porto Rico
    1:16
  • Sabe onde fica a Nambia? Algures em África, segundo Trump

    Mundo

    "O sistema de saúde na Nambia é incrivelmente autossuficiente", declarou o Presidente dos Estados Unidos num discurso proferido num almoço com líderes africanos. No encontro, realizado esta quarta-feira à margem da 72.ª Assembleia-Geral da ONU, em Nova Iorque, Donald Trump repetiu o erro. Os utilizadores das redes sociais não perdoaram mais este "lapso" do chefe de Estado norte-americano.

  • DGS garante que não há perigo de dengue
    2:09
  • Episódio da Abelha Maia censurado por queixas de obscenidade

    Cultura

    A plataforma digital Netflix viu-se obrigada a retirar um episódio da Abelha Maia depois das queixas de pais norte-americanos por causa de um "desenho obsceno", em forma de pénis. Aparentemente, terá sido só removido para quem acede nos EUA dado que, ao que a SIC pôde constatar, a partir de Portugal o episódio 35 está disponível.

  • Yoko Ono obriga limonada "John Lemon" a mudar de nome

    Cultura

    A viúva do Beatle John Lennon ameaçou processar uma empresa de bebidas polaca por causa da limonada "John Lemon". Yoko Ono não terá gostado do trocadilho entre Lennon e Lemon (limão, em inglês) e quer ver toda e qualquer garrafa com este rótulo retirada do mercado.

  • Restaurante em prisão na Colômbia serve comida confecionada por detidas
    1:04