sicnot

Perfil

Mundo

Designer Pedro del Hierro morreu aos 66 anos

O designer espanhol Pedro del Hierro morreu hoje em Madrid, aos 66 anos, "de causas naturais", disseram à agência noticiosa espanhola EFE fontes do grupo Cortefiel, proprietário da empresa. 

ZIPI

Pedro del Hierro nasceu a 03 de outubro de 1948, em Madrid, e deixou de apresentar coleções em desfiles de moda em 2002, quando começou a ter problemas de saúde, embora nos últimos anos a situação "se tenha estabilizado", disse o diretor corporativo do grupo, Ignacio Serra. 

O corpo do designer vai ser cremado no domingo, na capital espanhola, disseram as mesmas fontes. 

A diretora da Associação Criadores de Moda de Espanha (ACME), Pepa Bueno, afirmou que Pedro del Hierro foi uma "figura central da história da moda espanhola", tendo sido o primeiro designer espanhol com loja própria em grandes armazéns. 

"Em Espanha, não há quem não saiba quem é Pedro del Hierro, apesar de se ter retirado há muito da primeira linha da moda", acrescentou. 

Numa mensagem de condolências, o primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, afirmou que Del Hierro "soube colocar a arte e o luxo da alta costura ao alcance de todos". 

"Através de coleções cheias de originalidade, coerentes e com um selo de qualidade próprio, Pedro del Hierro soube colocar a arte e o luxo da alta costura ao alcance de todos, o que o transformou numa das referências máximas do pronto-a-vestir internacional e num símbolo imprescindível da marca Espanha", sublinhou o chefe do governo. 










Lusa
  • BCE autoriza CGD a avançar com recapitalização

    Caso CGD

    A Caixa Geral de Depósitos informou esta sexta-feira que vai prosseguir com as operações da primeira fase do aumento de capital, depois de ter obtido autorização para isso junto do Banco Central Europeu (BCE) e do Banco de Portugal.

  • Costa confiante no crescimento da economia e das exportações
    1:09

    Economia

    O primeiro-ministro manifestou confiança no crescimento da economia e das exportações. À margem da cerimónia dos 25 anos da Auto Europa em Portugal, António Costa deu vários exemplos de investimento estrangeiro, feito nas últimas semanas no país, e disse que os dados económicos recentes são positivos.

  • O anúncio de natal que está a emocionar o mundo
    1:47
  • Turista italiano assassinado em favela do Rio de Janeiro
    1:01

    Mundo

    Um turista italiano de 52 anos foi assassinado numa favela do Rio de Janeiro, no Brasil, enquanto viajava com um amigo. Após várias horas com o gangue autor do crime, o amigo que se encontrava com a vítima acabou por ser libertado.