sicnot

Perfil

Mundo

Seis soldados mortos no leste separatista pró-russo da Ucrânia

Seis soldados ucranianos morreram hoje em dois incidentes diferentes no leste separatista pró-russo da Ucrânia, onde continuam a ocorrer confrontos esporádicos apesar da trégua instaurada em meados de fevereiro, informou um porta-voz militar.

© Handout . / Reuters

"Infelizmente, hoje já foram mortos seis soldados ucranianos", disse o porta-voz Oleksandr Motuzyanyk à agência France Presse.

Quatro dos soldados morreram quando o veículo em que seguiam foi atingido por um míssil ao atravessar uma ponte perto do bastião separatista de Lugansk e os outros dois morreram na explosão de uma mina antitanque nos arredores da cidade portuária de Mariupol, controlada pelo Governo.

Depois de um período de acalmia em termos de mortes, nas últimas 48 horas foram mortos nove soldados ucranianos. O conflito no leste da Ucrânia causou mais de 6.000 mortos em perto de um ano.













Lusa
  • Militares da revolução denunciam corrupção nos órgãos de poder
    3:22

    País

    O presidente da Associação 25 de Abril acusa a classe política de não ter interesse em travar a corrupção em Portugal. Vasco Lourenço e Otelo Saraiva de Carvalho, dois dos militares da revolução, consideram que a corrupção está entranhada nos órgãos de poder e deve ser denunciada.

  • "Está prevista mais uma melhoria do rating para breve"
    2:46
  • Fábrica na Covilhã vai produzir para marcas de luxo
    1:47

    Economia

    A Covilhã foi a cidade portuguesa escolhida para a instalação de uma nova fábrica de produção de peças para marcas de luxo. O Grupo FM Industries Sycrilor vai reforçar o investimento na cidade e será responsável pelo polimento de metais para as marcas Louis Vuitton e Cartier.