sicnot

Perfil

Mundo

Papa lamenta clima de violência no mundo na missa da Páscoa

O papa Francisco presidiu hoje a missa da Páscoa do Vaticano, a mais importante cerimónia católica, durante a qual recordou o clima de violência mundial e o recente massacre no Quénia. 

© Max Rossi / Reuters

Jorge Bergoglio celebrou pela terceira vez a solene missa sob um toldo branco instalado nos degraus em frente à Basílica de São Pedro, poucos dias depois do ataque executado pela Al-Shabab na Universidade de Garissa, no Quénia, que provocou 148 mortos.

Nos últimos meses, o papa tem falado numa "terceira guerra mundial em pedaços" que se desenvolve um pouco por todo o mundo: "Hoje vemos os nossos irmãos perseguidos, decapitados e crucificados na sua fé em Ti, os nossos olhos são frequentemente cúmplices com o nosso silêncio", criticou.

Massacres e milhões de refugiados da Síria e do Iraque, o caos na Líbia ou na Somália, que se reflete no Quênia, a guerra civil na África Central, os ataques anticristãos em países como o Paquistão, a repressão contra eles na China e Coreia do Norte são algumas das histórias hoje recordadas por Francisco, que lembrou a longa lista de países onde os cristãos são ameaçados e obrigados a fugir.

Para o papa argentino, a Semana Santa é um momento intenso e desgastante: na sexta-feira celebrou o rito da Paixão, na Basílica de São Pedro, e presidiu à Via-Sacra no Coliseu e no sábado comemorou a Vigília Pascal, na Basílica de São Pedro.










Lusa
  • Marinha e Exército dão luz verde ao Aeroporto do Montijo

    País

    De acordo com a edição deste domingo do Diário de Notícias, o Exército e a Marinha já comunicaram à Força Aérea disponibilidade para desocupar parcialmente a base aérea e o Montijo se transformar num num aeroporto complementar ao de Lisboa.

  • Militares tentam acabar com guerra entre traficantes na Rocinha, Rio de Janeiro
    3:07

    Mundo

    As últimas horas têm sido de tensão no Rio de Janeiro depois dos tiroteios que começaram desde que uma das principais favelas da cidade foi ocupada por militares na sexta-feira. As forças federais foram acionadas para auxiliarem a polícia, que há vários dias tenta acabar com a guerra entre fações de traficantes de droga.

  • Irão lança míssil de médio alcance
    1:13

    Mundo

    Três dias depois do discurso hostil de Donald Trump nas Nações Unidas, o Irão testou um novo míssil de médio alcance que atingiu uma altura de dois mil quilómetros. Teerão diz que o teste não viola o acordo nuclear.

  • Trump renovou as ameaças à Coreia do Norte
    1:30
  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.