sicnot

Perfil

Mundo

Conselho de Segurança da ONU exige acesso humanitário ao campo sírio de Yarmouk

O Conselho de Segurança da ONU (CS) exigiu esta segunda-feira o acesso das agências humanitárias aos milhares de palestinianos bloqueados no campo de Yarmouk, na Síria, para que possam ser retirados em segurança. 

O EI desencadeou na semana passada uma ofensiva sobre o campo com a ajuda de 'jihadistas' da Frente al-Nosra, o ramo sírio da Al-Qaida, segundo informou o Observatório sírio dos Direitos Humanos (OSDH). (Arquivo)

O EI desencadeou na semana passada uma ofensiva sobre o campo com a ajuda de 'jihadistas' da Frente al-Nosra, o ramo sírio da Al-Qaida, segundo informou o Observatório sírio dos Direitos Humanos (OSDH). (Arquivo)

Anonymous

"Apelamos à proteção dos civis no campo, a que seja assegurado o acesso humanitário a esta zona para fornecer uma ajuda vital" a cerca de 18.000 palestinianos cercados, declarou a presidente do CE, a embaixadora jordana Dina Kawar, após as consultas que decorreram à porta-fechada. 

A responsável do CS pediu em particular "uma passagem com proteção e uma retirada dos civis". 

Os 15 Estados-membros do Conselho estão preparados "para adotar medidas suplementares que poderão ser tomadas para fornecer a proteção e a assistência necessárias" aos palestinianos de Yarmouk, acrescentou a embaixadora, sem fornecer mais detalhes. 

Dina Kawar recordou as resoluções da ONU sobre a Síria que forçam "todas as partes [envolvidas no conflito] a terminar com os cercos impostos às zonas habitadas" e facilitarem a distribuição de ajuda humanitária. 

Os membros do Conselho "condenaram da forma mais firme possível os graves crimes" cometidos em Yarmouk pelo movimento 'jihadista' Estado Islâmico (EI) e a Frente al-Nosra, e sublinharam a necessidade de punir estes crimes, sublinhou a embaixadora. 

O EI desencadeou na semana passada uma ofensiva sobre o campo com a ajuda de 'jihadistas' da Frente al-Nosra, o ramo sírio da Al-Qaida, segundo informou o Observatório sírio dos Direitos Humanos (OSDH). 

Uma grande parte do complexo está controlado pelas forças 'jihadistas', enquanto o exército sírio reforçou o cerco em redor de Yarmouk e efetua incursões regulares sobre o campo. 

Lusa
  • O papel da religião no quotidiano
    24:57
  • Jane Goodall iniciou palestra com sons semelhantes aos dos chimpanzés
    2:18

    País

    A investigadora Jane Goodall esteve esta quinta-feira em Lisboa para participar numa conferência da National Geographic. A primatóloga começou o seu discurso com sons semelhantes aos dos chimpanzés. Numa entrevista à SIC, Goodall falou sobre os chimpanzés e sobre o trabalho que continua a desenvolver em todo o mundo, em prol do ambiente, dos animais e das pessoas. 

  • NATO vai aumentar luta contra o terrorismo

    Mundo

    O secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, disse que os aliados da NATO concordaram esta quinta-feira em aumentar a luta contra o terrorismo e em "investir mais e melhor" na Aliança.

  • Trump empurra líder do Montenegro para ficar à frente na fotografia

    Mundo

    A reunião de líderes dos Estados-membros da NATO, que decorreu esta quinta-feira em Bruxelas, na Bélgica, ficou marcada por um momento insólito em que o Presidente norte-americano não quis abdicar de ficar no melhor plano possível nas fotografias de grupo. Nem que para isso tenha sido necessário empurar o líder de outro país.

  • O humor de John Kerry nas críticas a Trump
    0:40

    Mundo

    John Kerry criticou as ligações de Donald Trump com a Rússia durante um discurso de abertura, na Universidade de Harvard. O ex-secretário de Estado norte-americano disse, em tom de brincadeira, que se os jovens querem vingar na política, devem primeiro aprender a falar russo.