sicnot

Perfil

Mundo

Polícia Militar vai reocupar favela do Rio de Janeiro após morte de criança

O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, disse, este domingo, que a Polícia Militar vai voltar a ocupar o Complexo do Alemão, favela onde uma criança morreu na semana passada durante um tiroteio.

Eduardo de Jesus Ferreira, de dez anos, morreu com uma bala na cabeça, na quinta-feira, em casa, numa das favelas do Complexo do Alemão (zona pobre no norte da cidade), durante um tiroteio entre agentes e traficantes de droga, sendo que a família do menino culpa a polícia pela morte do menino.


Luiz Fernando Pezão disse que o fortalecimento de algumas Unidades de Polícia Pacificadora (UPP) tem vindo a ser discutido, entre as quais se inclui a relativa ao Complexo do Alemão. 


"Nesses três meses de governo, já formamos mais de 1.100 policiais militares e vamos intensificar a ocupação no Alemão", disse, descartando solicitar apoio das Forças Armadas.


Segundo a imprensa brasileira, que cita dados oficiais, as UPP do Complexo do Alemão contam atualmente com 1.230 policiais militares.


Quatro pessoas, incluindo Eduardo, morreram a tiro, e três ficaram feridas no Rio de Janeiro, entre quarta e quinta-feira.


A morte da criança originou uma manifestação, na sexta-feira, no Alemão, reprimida com gás lacrimogéneo pela polícia, e novo protesto no sábado, o qual decorreu de forma pacífica.


Lusa
  • "Joguem à bola"
    1:35

    Desporto

    Cerca de uma centena de adeptos do Sporting esperaram até perto das 3:00 pela chegada da equipa ao estádio de Alvalade. Depois da eliminação da Taça de Portugal, em Chaves, foi necessário o reforço policial para garantir a segurança da comitiva leonina.

  • Oposição diz que défice abaixo dos 2,3% se deve ao aumento de impostos
    2:24

    Economia

    O défice de 2016 vai ficar abaixo dos 2,3%, uma garantia dada pelo primeiro-ministro durante o debate quinzenal desta terça-feira. A oposição diz que o resultado é bom para o país mas que se deve a um aumento de impostos, feito pelo Governo no ano passado, e ao trabalho do PSD e do CDS nos anos anteriores.

  • Obama encurta pena de delatora do Wikileaks
    1:45
  • Putin sai em defesa de Trump
    2:29

    Mundo

    Vladimir Putin já saiu em defesa de Donald Trump e diz que houve uma tentativa de minar o Presidente eleito dos Estados Unidos, através de um alegado relatório, atribuido à espionagem russa. Putin diz que o relatório é falso.