sicnot

Perfil

Mundo

Polícia Militar vai reocupar favela do Rio de Janeiro após morte de criança

O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, disse, este domingo, que a Polícia Militar vai voltar a ocupar o Complexo do Alemão, favela onde uma criança morreu na semana passada durante um tiroteio.

Eduardo de Jesus Ferreira, de dez anos, morreu com uma bala na cabeça, na quinta-feira, em casa, numa das favelas do Complexo do Alemão (zona pobre no norte da cidade), durante um tiroteio entre agentes e traficantes de droga, sendo que a família do menino culpa a polícia pela morte do menino.


Luiz Fernando Pezão disse que o fortalecimento de algumas Unidades de Polícia Pacificadora (UPP) tem vindo a ser discutido, entre as quais se inclui a relativa ao Complexo do Alemão. 


"Nesses três meses de governo, já formamos mais de 1.100 policiais militares e vamos intensificar a ocupação no Alemão", disse, descartando solicitar apoio das Forças Armadas.


Segundo a imprensa brasileira, que cita dados oficiais, as UPP do Complexo do Alemão contam atualmente com 1.230 policiais militares.


Quatro pessoas, incluindo Eduardo, morreram a tiro, e três ficaram feridas no Rio de Janeiro, entre quarta e quinta-feira.


A morte da criança originou uma manifestação, na sexta-feira, no Alemão, reprimida com gás lacrimogéneo pela polícia, e novo protesto no sábado, o qual decorreu de forma pacífica.


Lusa
  • Kikas faz história
    1:22
  • Madonna está outra vez em Lisboa 😲
    0:59
  • Hindus pedem a troca de nome da cerveja brasileira Brahma

    Mundo

    Um grupo de hindus pediu a mudança da marca de cerveja Brahma, propriedade da multinacional cervejeira Anheuser-Busch InBev, com sede em Lovaina, na Bélgica, argumentando que é inapropriado uma bebida alcoólica ter o nome que um deus hindu.

  • Manuais oferecidos aos alunos do 1.º ano não podem ser reutilizados
    2:42

    País

    As escolas querem que sejam devolvidos aos alunos os manuais do 1.ºo ano que foram dados gratuitamente pelo Estado para serem reutilizados nos próximos anos. A Associação de Diretores de Agrupamentos diz que os livros estão praticamente todos em bom estado, mas da forma como são feitos pelas editoras é impossível voltar a usá-los. As escolas querem que o Executivo chegue a um entendimento com as editoras para conceber manuais reutilizáveis.

  • Portugal com 3.ª maior dívida pública da UE

    Economia

    A dívida pública recuou, em termos homólogos, na zona euro e na União Europeia (UE), no primeiro trimestre, tendo Portugal registado a terceira maior dos 28 (130,5%), depois da Grécia e de Itália, divulga hoje o Eurostat.