sicnot

Perfil

Mundo

Radicais islâmicos controlam campo de refugiados em Damasco

Radicais islâmicos controlam campo de refugiados em Damasco

O Estado Islâmico entrou na capital da Síria e já controla o campo de refugiados palestinianos de Yarmuk, a 12 quilómetros do Palácio Presidencial. Só no fim-de-semana, os combates provocaram dezenas de mortos e a fuga de duas mil pessoas.

  • Estado Islâmico difunde vídeo com combatentes curdos dentro de jaulas

    Daesh

     O grupo extremista autoproclamado Estado Islâmico (EI) difundiu hoje um vídeo com homens dentro de jaulas que são apresentados como 'peshmergas', ao mesmo tempo que ameaçava estes combatentes curdos iraquianos, com quem está em guerra.A cena, que terá sido detetada pelo Centro Americano de Observação de Sites Islâmicos, recorda a do vídeo do piloto jordano queimado vivo numa jaula e que foi divulgado no dia 03 de fevereiro.O vídeo de hoje não mostra nenhuma execução. Os 21 reféns são apresentados como 16 'peshmergas', dois oficiais e três polícias de Kirkouk, uma vila situada a 240 quilómetros a norte de Bagdad.O filme não precisa a sua origem nem data, mas fontes curdas afirmaram à AFP que as cenas foram filmadas há uma semana no mercado principal do distrito de Hawija, dominado pelo EI, a 50 quilómetros de Kirkouk.O vídeo mostra cada um dos 21 reféns com vestes cor de laranja, a cabeça baixa, no interior de caixas num espaço rodeado de muros de betão e à sua frente combatentes do EI, com o rosto tapado e armados.Um homem de barbas e com um turbante branco dirige uma mensagem aos 'peshmergas' para que terminem os combates contra o EI."Senão, a vossa sorte será como a destes, dentro de caixas ou debaixo da terra", afirma.Um comandante dos 'peshmergas' em Kirkouk, o general Hiyowa Rach, confirmou à AFP que estes reféns foram capturados a 31 de janeiro, na sequência de combates.

  • Número de vítimas em duplo atentado no Paquistão sobe para 15 mortos e quase 80 feridos

    Mundo

    A minoria cristã no Paquistão voltou a ser alvo do terrorismo, no Paquistão. Desta vez não foi um mas dois ataques contra duas igrejas na cidade de Lahore, a segunda cidade mais populosa do país. Uma das igrejas era católica outra protestante. O número de vítimas não pára de aumentar e vai já em pelo menos 15 mortos e quase 80 feridos .Um duplo atentado que provocou a ira dos populares que bloquearam estradas, queimaram carros e capturaram dois homens.. suspeitos de envolvimento nos ataques e que foram linchados pla multidão em fúria.Os radicais islâmicos talibãs assumiram a autoria do duplo atentado.

  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26

    País

    A bomba que esta segunda-feira veio nas redes de um arrastão na Nazaré já foi detonada. O engenho explosivo foi identificado como uma bomba de avião por especialistas da Marinha, que eliminaram também o perigo equivalente a 600 quilogramas de TNT. A bomba sem qualquer inscrição tinha um desgaste evidente e, segundo a Marinha, pode ter sido largada de um avião durante a 2.ª Guerra Mundial.

  • Derrocada de muro em Lisboa obriga à retirada de 40 pessoas de 5 prédios
    2:14

    País

    Os moradores de três prédios de Lisboa não podem regressar tão cedo a casa. Durante a madrugada, a derrocada de um muro obrigou à retirada de 40 pessoas de cinco edifícios. Um dos inquilinos sofreu ferimentos ligeiros. Entretanto, a maioria dos residentes já foi realojada em casas de familiares e num hotel.

  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22

    País

    Num momento em que por cá se fala de claustrofobia democrática, a Europa e os Estados Unidos desdobram-se em elogios ao sucesso da maioria de Esquerda em Portugal. A palavra "geringonça" já tem até tradução em várias línguas.

  • ONU estima que mais 750 mil civis estejam em risco na cidade de Mossul
    1:39

    Mundo

    As Nações Unidas estimam que mais 750 mil civis estejam em risco na zona ocidental de Mossul, no Iraque. Mais de 10 mil pessoas fugiram da zona ocidental da cidade nos últimos quatro dias. Enquanto a população tenta escapar ao fogo cruzado, as forças iraquianas avançam sobre a cidade ainda controlada pelo Daesh.