sicnot

Perfil

Mundo

Total de mortos por explosão de camião cisterna no México já vai em 18

O número de mortos provocado no México pela explosão há 10 dias de um camião-cisterna, de onde várias pessoas estavam a retirar combustível depois de este sofrer um acidente rodoviário, já vai em 18.

Foto de Arquivo

Foto de Arquivo

© Daniel Becerril / Reuters

"Já existem 18 mortos em consequência do acidente ocorrido na estrada Cardenas-Coatzacoalcos", em 26 de março, a cerca de 700 quilómetros a sudeste da capital, no Estado de Tabasco. 

Apesar dos avisos feitos pelas autoridades, os habitantes procuraram retirar combustível do camião.

Pelo menos, duas pessoas morreram no local da explosão e as outras vítimas faleceram depois de hospitalizadas. 

Entre os mortos contam-se quatro menores, com idades entre 13 e 15 anos. Três outros menores, com ferimentos graves, foram transferidos para Galveston, no Estado norte-americano do Texas, no sul dos EUA. 

Recentemente o México registou uma série de acidentes relacionados com a produção e distribuição de hidrocarbonetos. 

Na semana passada, um incêndio numa plataforma petrolífera da estatal Pemex causou quatro mortos e 15 feridos.

Em janeiro, uma fuga de gás causou a explosão de um camião-cisterna que abastecia uma maternidade e provocou a morte a cinco pessoas, duas das quais recém-nascidas. 

Em maio de 2013, a explosão de um local de armazenagem de gás, a norte da capital, causou 25 mortos. 

O Estado do Tabasco é uma importante zona petrolífera, onde o crime organizado também opera no roubo de combustíveis. 

Em 2014, a Pemex recenseou 3.674 roubos de combustível nos seus oleodutos. 



Lusa
  • A Catalunha "está farta da prepotência e dos abusos do governo"
    0:30
  • "Não há um verdadeiro debate democrático em Espanha"
    2:24
    Quadratura do Círculo

    Quadratura do Círculo

    QUINTA-FEIRA 23:00

    No Quadratura do Círculo desta quinta-feira, José Pacheco Pereira disse que este braço de ferro em território espanhol reforça a linha autoritária que existe em Espanha. Jorge Coelho considera que é urgente recorrer à diplomacia para definir um caminho a médio ou a longo prazo. Já o gestor Manuel Queiró afirma que Portugal não deve encarar este referendo com condescendência. 

  • Uber perde licença para operar em Londres

    Economia

    O regulador de transporte de Londres decidiu hoje que vai retirar à Uber a licença para operar na capital britânica. A proibição entra em vigor no final deste mês e vai afetar 40 mil motoristas da empresa multinacional norte-americana.

  • A corrida ao iPhone 8 no Japão, China e Austrália
    2:04
  • Óculos inteligentes permitem controlar telemóvel com o nariz
    1:05
  • Família Portugal Ramos
    15:01