sicnot

Perfil

Mundo

Total de mortos por explosão de camião cisterna no México já vai em 18

O número de mortos provocado no México pela explosão há 10 dias de um camião-cisterna, de onde várias pessoas estavam a retirar combustível depois de este sofrer um acidente rodoviário, já vai em 18.

Foto de Arquivo

Foto de Arquivo

© Daniel Becerril / Reuters

"Já existem 18 mortos em consequência do acidente ocorrido na estrada Cardenas-Coatzacoalcos", em 26 de março, a cerca de 700 quilómetros a sudeste da capital, no Estado de Tabasco. 

Apesar dos avisos feitos pelas autoridades, os habitantes procuraram retirar combustível do camião.

Pelo menos, duas pessoas morreram no local da explosão e as outras vítimas faleceram depois de hospitalizadas. 

Entre os mortos contam-se quatro menores, com idades entre 13 e 15 anos. Três outros menores, com ferimentos graves, foram transferidos para Galveston, no Estado norte-americano do Texas, no sul dos EUA. 

Recentemente o México registou uma série de acidentes relacionados com a produção e distribuição de hidrocarbonetos. 

Na semana passada, um incêndio numa plataforma petrolífera da estatal Pemex causou quatro mortos e 15 feridos.

Em janeiro, uma fuga de gás causou a explosão de um camião-cisterna que abastecia uma maternidade e provocou a morte a cinco pessoas, duas das quais recém-nascidas. 

Em maio de 2013, a explosão de um local de armazenagem de gás, a norte da capital, causou 25 mortos. 

O Estado do Tabasco é uma importante zona petrolífera, onde o crime organizado também opera no roubo de combustíveis. 

Em 2014, a Pemex recenseou 3.674 roubos de combustível nos seus oleodutos. 



Lusa
  • Caixa multibanco assaltada em Portugal a cada dois dias
    2:43

    País

    O semanário Expresso conta que a mulher que morreu vítima de um disparo de agentes da PSP foi atingida pelas costas. O caso está a ser investigado pela PJ, que procura encaixar as peças da noite que acabou com uma morte inocente mas que começou com uma perseguição a um grupo de assaltantes de um multibanco. Assaltos que são cada vez mais comuns e que preocupam o Governo. A cada dois dias, uma caixa é assaltada.

  • Metro de Lisboa vai reduzir consumo de água

    País

    O Metro de Lisboa colocou em prática um programa para reduzir o consumo de água devido à situação de seca em Portugal, respondendo assim ao apelo do Ministério do Ambiente, segundo um comunicado divulgado este sábado.