sicnot

Perfil

Mundo

Total de mortos por explosão de camião cisterna no México já vai em 18

O número de mortos provocado no México pela explosão há 10 dias de um camião-cisterna, de onde várias pessoas estavam a retirar combustível depois de este sofrer um acidente rodoviário, já vai em 18.

Foto de Arquivo

Foto de Arquivo

© Daniel Becerril / Reuters

"Já existem 18 mortos em consequência do acidente ocorrido na estrada Cardenas-Coatzacoalcos", em 26 de março, a cerca de 700 quilómetros a sudeste da capital, no Estado de Tabasco. 

Apesar dos avisos feitos pelas autoridades, os habitantes procuraram retirar combustível do camião.

Pelo menos, duas pessoas morreram no local da explosão e as outras vítimas faleceram depois de hospitalizadas. 

Entre os mortos contam-se quatro menores, com idades entre 13 e 15 anos. Três outros menores, com ferimentos graves, foram transferidos para Galveston, no Estado norte-americano do Texas, no sul dos EUA. 

Recentemente o México registou uma série de acidentes relacionados com a produção e distribuição de hidrocarbonetos. 

Na semana passada, um incêndio numa plataforma petrolífera da estatal Pemex causou quatro mortos e 15 feridos.

Em janeiro, uma fuga de gás causou a explosão de um camião-cisterna que abastecia uma maternidade e provocou a morte a cinco pessoas, duas das quais recém-nascidas. 

Em maio de 2013, a explosão de um local de armazenagem de gás, a norte da capital, causou 25 mortos. 

O Estado do Tabasco é uma importante zona petrolífera, onde o crime organizado também opera no roubo de combustíveis. 

Em 2014, a Pemex recenseou 3.674 roubos de combustível nos seus oleodutos. 



Lusa
  • A morte das sondagens foi ligeiramente exagerada

    Opinião

    Um atentado sem efeitos eleitorais, sondagens que acertaram em praticamente tudo, inexistência do chamado eleitorado envergonhado. E um candidato que se situa no centro político com fortíssimas hipóteses de vencer a segunda volta. As presidenciais francesas tiveram uma chuva de acontecimentos anormais, mas acabam por ser um choque de normalidade. Pelo menos até agora...

    Ricardo Costa

  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Pj ainda não fez detenções relacionadas com atropelamento de adepto italiano
    1:52

    Desporto

    As autoridades policiais confirmaram à SIC que o atropelamento que fez este sábado uma vítima mortal, junto ao Estádio da Luz, não terá sido acidental. A Policia Judiciária já saberá quem foi o autor do atropelamento. O homem faria parte do grupo de adeptos do Benfica, que se envolveram em confrontos com adeptos do Sporting.