sicnot

Perfil

Mundo

Encontradas no Iraque valas comuns que podem conter 1700 corpos de soldados

Galeria de fotos

Foram encontradas em Tikrit, no Iraque, valas comuns  que podem conter 1700 corpos de soldados iraquianos mortos pelo Estado Islâmico.

reuters

reuters

reuters

reuters

Equipas forenses iraquianas começaram a escavar 12 valas comuns, após a reconquista da cidade ao Estado Islâmico.
Em junho do ano passado, o Estado Islâmico alegou ter morto precisamente 1700 soldados.

Sobreviventes do massacre - que fingiram estar mortos - contam que os radicais questionavam as vítimas, a fim de identificar que era xiita. Eram depois executadas e enterradas em valas comuns.

O complexo está próximo do Campo Speicher, base do Exército norte-americano, e foi usado pelo Estado Islâmico como "sede" na cidade iraquiana. É também o local onde está enterrado o ex-líder iraquiano Saddam Hussein.

Testes de ADN vão agora ser realizados para identificar os corpos, assim que que sejam exumados. 

  • ANACOM apresenta recomendações para melhorar redes de telecomunicações
    1:17

    País

    A ANACOM entregou um conjunto de recomendações ao Governo, Parlamento, municípios e operadores de telecomunicações. A autoridade reguladora em Portugal das comunicações eletrónicas propõe que os cabos aéreos de telecomunicações sejam substituídos por cabos subterrâneos, entre outras coisas. O objetivo é impedir que as redes fiquem em baixo perante incêndios ou outras catástrofes.

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.

  • Atividade económica regista crescimento

    Economia

    A atividade económica portuguesa está a crescer ao maior ritmo dos últimos 17 anos. O crescimento registado em setembro é o mais elevado desde janeiro de 2000. Já o consumo privado registou uma diminuição face a agosto.

    SIC