sicnot

Perfil

Mundo

Mulher transgénero presa nos EUA denuncia agressões, abusos sexuais e tratamento desigual

Os serviços prisionais do estado norte-americano da Georgia foram alvo de uma denúncia por causa das condições da detenção de uma mulher transgénero.

Ashley Diamond foi detida há três anos e, desde então, cumpre pena nas alas masculinas de várias prisões, onde tem sido vítima de agressões e abusos sexuais. (Arquivo)

Ashley Diamond foi detida há três anos e, desde então, cumpre pena nas alas masculinas de várias prisões, onde tem sido vítima de agressões e abusos sexuais. (Arquivo)

© Reuters Photographer / Reuter

Ashley Diamond foi detida há três anos e, desde então, cumpre pena nas alas masculinas de várias prisões, onde tem sido vítima de agressões e abusos sexuais.

A prisioneira alega também que tem sido impedida de receber a medicação hormonal que tomava há 17 anos.

Por causa das denúncias das agressões, Ashley Diamond já foi transferida de prisão e passou vários períodos na solitária. 

A queixa já recebeu o apoio do departamento de Justiça dos Estados Unidos.
  • Autarca garante que não houve "touros de fogo"

    País

    O presidente da Câmara de Benavente disse esta segunda-feira à Lusa que a atividade "touros de fogo" foi retirada do programa da Festa da Amizade depois de recebido um parecer desfavorável da Direção-Geral de Veterinária.

  • Presidente do Brasil formalmente acusado de corrupção

    Mundo

    O Procurador-Geral da República do Brasil apresentou na noite de segunda-feira ao Supremo Tribunal Federal uma denúncia contra o Presidente Michel Temer e o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) pelo crime de corrupção passiva.

  • Reconquista de Mossul ao Daesh pode estar para breve
    1:27
  • Homem fala ao telefone com o filho que pensava estar morto

    Mundo

    Um norte-americano que tinha estado presente no funeral do filho recebeu, 11 dias depois, uma chamada telefónica de um homem que o pôs em contacto... com o filho que havia enterrado semana e meia antes. Tudo por causa de um erro do gabinete de medicina legal.