sicnot

Perfil

Mundo

Coleção de relógios Swatch vendida por mais de 5,5 ME em Hong Kong

 Uma das maiores coleções privadas de relógios Swatch foi vendida em Hong Kong na terça-feira por mais de seis milhões de dólares (5,5 milhões de euros), um valor que superou as expetativas. 

REUTERS

A coleção -- composta por mais de 5.800 relógios, incluindo edições limitadas assinadas por artistas como Keith Haring ou Kiki Picasso e uma série para o 40.º aniversário do James Bond -- ultrapassou em mais de quatro vezes o preço estimado, na ordem dos 1,3 milhões de dólares (cerca de 1,2 milhões de euros).

Três pessoas disputaram a coleção no leilão da Sotheby's. 

A coleção foi arrematada por 46,7 milhões de dólares de Hong Kong (5,5 milhões de euros ou seis milhões de dólares norte-americanos) por um comprador via telefone. 

Trata-se de uma "instituição europeia", informou a Sotheby's sem avançar mais detalhes. 

Paul Dunkel, o mediador de seguros que colecionou os relógios durante mais de 20 anos, deixou a sala em lágrimas. 

"Durante estes dois últimos meses (...) o mundo inteiro estava interessado na coleção. É o meu trabalho, o meu coração", disse o luxemburguês, aposentado, de 68 anos. 

No início dos anos 1980, Paul Dunkel era um colecionador de arte abstrata. O seu interesse pela Swatch começou quando alguns dos seus artistas favoritos começaram a desenhar relógios para a marca. 

A diretora do departamento de relógios da Sotheby's, Sharon Chan, explicou que havia igualmente fãs da Swatch entre os "grandes colecionadores de relógios de luxo". 

"Cada relógio desta coleção corresponde a um capítulo da arte contemporânea", acrescentou. 

Este não é o primeiro leilão de relógios da Swatch em Hong Kong. Em 2011, uma vasta coleção foi adquirida por mais de seis milhões de euros por um cidadão chinês que se manteve anónimo.

  • Défice recua quase 400 milhões de euros em janeiro

    Economia

    O buraco das contas públicas atingiu os 625 milhões de euros no primeiro mês de 2017, segundo os dados da execução orçamental. É uma redução de 397 milhões, quando comparado com o mesmo mês do ano passado.

    Em desenvolvimento

  • "Fiz coisas de que me envergonho"
    2:31
  • Portugal é o segundo país da Europa com mais emigrantes
    1:39

    País

    São 2,3 milhões os portugueses que vivem no estrangeiro, ou seja, 22% da população. O último relatório do Observatório da Emigração relativo a 2015 mostra que se manteve o mesmo número de saídas de Portugal para o estrangeiro registadas no pico atingido em 2013: acima das 110 mil por ano. O Reino Unido é o principal país de destino.

  • Descoberta produção de canábis em abrigo nuclear 

    Mundo

    A polícia britânica descobriu, no sul de Inglaterra, um antigo abrigo nuclear subterrâneo adaptado à produção de canábis em grande escala. A operação levou à detenção de cinco homens e um adolescente de 15 anos. Foram também apreendidas milhares de plantas de canábis.

  • Carnaval na Almirante Reis
    2:39

    País

    Lisboa também celebra o Carnaval e esta manhã mais de três mil crianças participaram num desfile pela Avenida Almirante Reis, alunas de escolas públicas e privadas de 24 nacionalidades. Na freguesia de Arroios vivem estrangeiros de 79 nacionalidades.