sicnot

Perfil

Mundo

Crianças abandonadas pelos pais representam "desgraça para a sociedade", diz Papa

O Papa Francisco considerou hoje que as crianças que são abandonadas e vagueiam nas ruas representam uma "desgraça para a sociedade" e são uma consequência de um sistema que gera pobreza e violência.

© Romeo Ranoco / Reuters

"Eu acho que há crianças não desejadas ou abandonadas na rua, crianças sem educação ou a saúde, as maltratadas e aquelas que lhes são roubadas a sua infância e juventude. É uma vergonha para a sociedade e um grito de dor dirigido diretamente para o coração de pai", disse, citado pela agência espanhola EFE.

Num discurso feito a milhares de fiéis reunidos na Praça de São Pedro do Vaticano, o Papa Francisco disse que nenhuma "criança pode ser considerada um erro", porque "o erro é (algo) do mundo dos adultos".

"Para se justificar, alguns dizem que foi um erro trazer a criança para o mundo (...) O erro é do mundo dos adultos, do sistema que nós construímos, gerando bolsas de pobreza e violência, onde os fracos são prejudicados", afirmou.

Por que "nós escrevemos declarações de direitos humanos e da criança, e depois punimo-los por erros dos adultos?", questionou o papa.

Francisco observou que "as crianças são as primeiras vítimas de uniões imaturas e de separações irresponsáveis, e que também sofrem as situações de instabilidades devido às crises".

"As crianças são da responsabilidade de todos, os pais não deveriam sentir-se sozinhos nas suas tarefas. A estabilidade social e promoção da família, a ausência de delinquência e a possibilidade de um trabalho digno, sem dúvida, contribuem para assegurar um lar", insistiu. 

Por isso, prosseguiu, "nenhum sacrifício que os adultos possam fazer será considerado demasiado custoso ou muito grande, ao ponto de um filho achar que ele é um erro, que não vale nada, (ao ponto de admitir) que seja abandonado."

"Com os meninos não se brinca", disse.


Lusa
  • Não houve negligência médica no caso do jovem que morreu em São José
    2:33

    País

    Afinal, não houve negligência médica no caso do jovem que morreu há cerca de um ano no Hospital de São José, vítima de um aneurisma. Esta é a conclusão da Ordem dos Médicos e dos peritos do Instituto de Medicina Legal. Segundo o jornal Expresso, todos os relatórios relatórios pedidos pelo Ministério Público e pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central dizem que o corpo clínico do hospital não teve responsabilidades na morte de David Duarte.

  • Jovens estariam de fones e poderão não ter ouvido comboio a aproximar-se
    1:47

    País

    As adolescentes, de 13 e 14 anos, encontradas mortas junto à linha do norte perto de Coimbra podem não ter ouvido a aproximação do comboio, uma vez que estariam de auriculares. Os corpos só foram descobertos 36 horas depois do desaparecimento das jovens, aparentemente vítimas de um descuido fatal.

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.