sicnot

Perfil

Mundo

Jovem indonésio sobrevive a viagem de uma hora em trem de aterragem

Um jovem indonésio viajou no compartimento do trem de aterragem de um avião que fazia a ligação entre as ilhas indonésias de Samatra e Java e conseguiu sobreviver ao voo de uma hora, anunciaram hoje as autoridades locais.

© Enny Nuraheni / Reuters

Mario Steven Ambarita, de 21 anos, viajou no trem de aterragem de um Boeing 737-800 da companhia aérea nacional Garuda Indonesia e foi encontrado quando o aparelho chegou ao aeroporto internacional próximo da capital Jacarta, na província de Pekanbaru (Sumatra), disse o diretor-geral do transporte aéreo indonésio.

"Ao chegar ao aeroporto, [o jovem] cambaleava e sangrava de um ouvido, mas agora está bem", acrescentou o responsável.

"Ele colocou a sua vida em perigo, uma vez que o avião atingiu uma altitude até 34.000 pés (10.300 metros), onde existe pouco oxigénio e temperaturas negativas", sublinhou o diretor-geral.

Interrogado pela polícia, o jovem indonésio, que não tinha documentos de identificação, afirmou que tinha preparado esta viagem durante um ano, através da observação do tráfego do aeroporto de onde o aparelho descolou.

Durante o interrogatório, o jovem não precisou as razões pelas quais escolheu viajar no trem de aterragem.

Segundo noticiou a comunicação social local, o jovem queria desesperadamente regressar a Jacarta, a sua cidade natal.

Na sequência deste incidente, o Ministério dos Transportes da Indonésia impôs sanções aos responsáveis pela gestão do aeroporto de onde deslocou o avião da Garuda Indonesia e prometeu melhorar os mecanismos de segurança, de forma a prevenir futuras situações deste género.

Em abril de 2014, um adolescente de 16 anos viajou durante cinco horas no compartimento do trem de aterragem de um avião da companhia aérea Hawaiian Airlines que fazia a ligação entre a Califórnia e o Havai.  

O adolescente, que pretendia fugir de casa, conseguiu sobreviver à viagem, uma situação que na altura foi difícil de explicar devido às condições adversas que o seu corpo terá enfrentado.


Lusa
  • O resgate dos passageiros do naufrágio em Cascais
    1:48
  • É importante que "as pessoas não tenham medo" de denunciar o tráfico humano
    0:48

    País

    Manuel Albano, relator nacional para o tráfico de pessoas, concorda com a ideia de que é necessário continuar a investir na inspeção e na fiscalização para travar o tráfico de seres humanos, mas rejeita a denúncia do sindicato dos trabalhadores do SEF, que esta quinta-feira alertou para a "falta de controlo".

  • Trocar a economia pela dança
    7:21
  • Salas de consumo assistido previstas na lei há 17 anos
    3:01
  • O que faz um guaxinim às duas da manhã num quartel de bombeiros?

    Mundo

    Os animais são muitas vezes os protagonistas de histórias incríveis ou até insólitas. Desde o cão mais pequeno ao urso mais assustador. Desta vez, o principal interveniente é um guaxinim, que foi levado até um quartel de bombeiros por uma dona muito preocupada. Porquê? O animal estava sob o efeito de drogas.

    SIC

  • "Por vezes até as princesas da Disney ficam apavoradas"

    Mundo

    A atriz norte-americana Patti Murin foi esta semana elogiada nas redes sociais por se preocupar com a sua saúde mental e não ter problemas em falar sobre o assunto. A artista faltou a um espetáculo da Disney, onde ia atuar, devido a um ataque de ansiedade.

    SIC

  • Presidente do Uganda quer proibir sexo oral

    Mundo

    O Presidente do Uganda emitiu um aviso público durante um conferência de imprensa anunciando que vai banir a prática de sexo oral no país. Yoweri Museveni justifica o ato, explicando que "a boca serve para comer".

    SIC