sicnot

Perfil

Mundo

Reino Unido vai controlar passaportes de cidadãos que saem do país

O Reino Unido começou hoje a controlar os passaportes das pessoas que entram e saem do país, para monitorizar a imigração e os movimentos de delinquentes e suspeitos de atividades terroristas, anunciou o Ministério do Interior.

© Luke MacGregor / Reuters

De acordo com o executivo, esta medida vai ajudar a ter uma ideia "mais clara" sobre os casos de estrangeiros que ficam no Reino Unido mais tempo que o legalmente autorizado.

Este controlo afetará principalmente os viajantes que saiam do país através do comboio que vai para a Europa continental, por baixo do Túnel da Mancha, já que no caso dos aeroportos, a informação é previamente recolhida pelas companhias aéreas.

Para evitar problemas, os registos, que consistem na verificação e digitalização da documentação, começarão a ser recolhidos de forma gradual, passando de 25% dos passaportes, para 50% dentro de um mês e 100% a partir de meados de junho.

Até agora, o Reino Unido só aplicava estas medidas aos cidadãos que entravam no país.

A medida tem como objetivo combater a imigração ilegal, como os casos de estudantes comunitários que permanecem no país mesmo depois de os seus vistos caducarem, e os movimentos de suspeitos de terrorismo, de acordo com o Ministério do Interior.

Nas últimas semanas, têm surgido várias notícias de cidadãos britânicos que alegadamente têm saído do país para se juntarem a movimentos radicais terroristas, nomeadamente o Estado Islâmico.



Lusa
  • Portugal a tremer de frio
    3:07

    País

    Portugal continua a registar temperaturas negativas, sobretudo no Norte do país. Em Trás-os-Montes, por exemplo, marcaram mínimas de 11 graus abaixo de zero e os termómetros desceram tanto que congelaram rios, canalizações de água e até aquecimentos de escolas. Mas nem tudo é mau pois os produtores falam em boa época para curar fumeiro.

  • Michelle Obama partilhou momento de despedida da Casa Branca
    1:43
  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Podem as plantas ver, ouvir e até reagir?

    Mundo

    Um professor de Ciências Vegetais da Universidade de Missouri, nos Estados Unidos, passou quatro décadas a investigar as relações entre vegetais e insetos. Na visão de Jack Schultz, as plantas são "como animais muito lentos", que conseguem ver, ouvir, cheirar e até têm comportamentos próprios.

  • Zoo da Indonésia acusado de querer matar ursos à fome

    Mundo

    Um grupo de ativistas da Indonésia acusa o Jardim Zoológico de Bandung de estar a matar à fome os seus animais, incluindo os ursos-do-sol, para ser fechado. Um vídeo recentemente publicado mostra os ursos, que aparecem muito magros e a implorar por comida.