sicnot

Perfil

Mundo

Criança autista desenha mapa mundo de memória

A criança de 11 anos, terá  surpreendido todos ao desenhar, de memória e detalhadamente, o mapa mundo, com fronteiras e ilhas. Aconteceu nos Estados Unidos, na sala de aula, de uma escola em Nova Iorque.  

Reddit/Bobitis

A imagem está a correr o mundo. Foi captada por uma estudante, durante uma aula, em Nova Iorque e publicada pelo seu pai.

"É o filho da professora da minha filha. Hoje foi à sala de aula e fez isto".

Trata-se de, alegadamente, uma criança de 11 anos, autista, que surpreendeu a turma quando começou a desenhar um mapa mundo detalhado, apenas com recurso à memória. 

A imagem foi publicada na rede social Reddit por  Bobitis. Vê-se a criança, em cima de uma cadeira, a desenhar detalhadamente o mapa, com fronteiras entre países e ilhas. 

O menino de 11 anos terá conseguido reproduzir o planisfério com grande detalhe.

O autismo é uma síndrome neurocomportamental que atinge cerca de 10 em cada 10 mil pessoas no mundo. Afeta a capacidade de comunicação e socialização, mas faz despertar outros talentos.

Algums pessoas com autismo tem  uma memória e xcepcional, o que ainda não totalmente compreendido pela ciência.

Parece ser o caso deste menino autista de 11 anos, capaz de desenhar o mapa-mundo extremamente detalhado apenas com recurso à memória.




  • Governo vai avaliar situação da associação Raríssimas
    1:41

    País

    O Governo promete avaliar a situação da instituição Raríssimas e agir em conformidade, depois da denúncia de alegadas irregularidades na gestão financeira. A presidente da instituição terá usado dinheiro da Raríssimas para gastos pessoais como vestidos de alta-costura e alimentação. Esta é uma instituição que apoia doentes e famílias que convivem de perto com doenças raras. 

  • Diáconos permanentes: quem são e que cargo ocupam na comunidade católica
    10:04
  • Múmia quase intacta descoberta em Luxor
    1:23

    Mundo

    O Egito anunciou, este sábado, a descoberta de dois pequenos túmulos com 3.500 anos na cidade de Luxor. Foram também encontrados uma múmia em bom estado de conservação, uma estátua do deus Ámon Ra e centenas de artefactos de madeira e cerâmica ou pinturas intactas.