sicnot

Perfil

Mundo

Fase de sentença do julgamento dos atentados de Boston começa a 21 de abril

A fase de sentença do julgamento de Dzhokhar Tsarnaev, considerado já pelo júri como culpado pelos atentados de Boston em 2013, vai começar no dia 21, anunciou esta sexta-feira a procuradoria de Boston.

Segundo a procuradoria, dentro de duas semanas, os 12 membros do júri vão determinar se Dzhokhar Tsarnaev é condenado a prisão perpétua ou à pena de morte.

Segundo a procuradoria, dentro de duas semanas, os 12 membros do júri vão determinar se Dzhokhar Tsarnaev é condenado a prisão perpétua ou à pena de morte.

© Lisa Hornak / Reuters

Segundo a procuradoria, dentro de duas semanas, os 12 membros do júri vão determinar se Dzhokhar Tsarnaev é condenado a prisão perpétua ou à pena de morte.

Apesar de no Estado de Massachusetts não existir pena de morte, a nível federal o Governo pode acusar e executar o condenado.

Os membros do júri foram escolhidos depois de garantirem ao juiz que não descartavam a possibilidade de impor pena de morte por motivos éticos ou de outra índole.

O jovem muçulmano de origem chechena Djokhar Tsarnaev, de 21 anos, foi quarta-feira considerado culpado da autoria do duplo atentado bombista de 2013 em Boston, no qual participou com o irmãos, que foi morto durante uma perseguição policial.

O duplo atentado de Boston, considerado o pior registado nos Estados Unidos desde os ataques levados a cabo pela Al-Qaida a 11 de setembro de 2001, provocou três mortos e 264 feridos em consequência do rebentamento de dois engenhos explosivos de fabrico artesanal, colocados junto à linha de chegada da prova da maratona.

O jovem foi considerado culpado de 17 crimes, entre os quais, o uso de arma de destruição com a intenção de matar, assim como de assistir, planear e executar a morte de quatro pessoas, três das quais mortas no atentado. A quarta morte foi a de um agente da polícia atingido por tiros dias depois do atentado, durante uma perseguição.

Dzhokhar Tsarnaev foi também acusado de provocar ferimentos em 246 pessoas, 17 das quais sofreram amputações graves.
Lusa
  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.