sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos seis mortos em atentados suicidas contra a NATO no Afeganistão

Pelo menos seis pessoas, incluindo quatro civis, foram hoje mortas e 16 feridas em dois atentados suicidas no Afeganistão contra colunas militares da NATO em Cabul e Nangarhar (leste), informaram fontes oficiais. 

© Omar Sobhani / Reuters

O primeiro ataque ocorreu quando um condutor suicida dirigiu um carro armadilhado contra uma coluna das tropas internacionais em Jalalabad, capital da província de Nangarhar, referiu um porta-voz da polícia local.  

A explosão, que ocorreu nas imediações da principal base da NATO no leste do país, provocou pelo menos cinco mortos e 12 feridos, transportados para o hospital local.  

Um porta-voz da NATO em Cabul confirmou tratar-se de um "ataque suicida contra as forças da (operação) Apoio Decidido em Jalalabad". 

Os talibãs reivindicaram a autoria do atentado e asseguraram que foram mortos "todos os ocupantes" dos dois veículos das forças internacionais, segundo referiu na sua conta da rede social Twitter o porta-voz do grupo insurgente, Zabihula Muyahid. 

O segundo ataque ocorreu em Cabul quando um bombista suicida ao volante de uma viatura armadilha colidiu com outra coluna miliar da NATO no leste da capital afegã, informou um porta-voz do ministério do Interior. 

"Um soldado da NATO, três civis ficaram feridos e o atacante está morto", precisou. 

O responsável talibã também reivindicou este ataque, e assegurou que dois que veículos foram destruídos e os seus ocupantes mortos. 

A NATO anunciou no final de 2014 o fim da sua missão de combate no Afeganistão (ISAF), substituída desde janeiro pela operação Apoio Decidido, com cerca de 4.000 soldados envolvidos em missões de assistência e recrutamento dos corpos de segurança afegãos. 

Em paralelo, os Estados Unidos prosseguem a sua missão "antiterrorista" no país islâmico com 9.800 soldados, e que deverão prolongar a sua presença para além de 2015. 

Lusa


  • Primeiro-ministro admite que retatório sobre Tancos possa ser "fabricado"
    2:06

    País

    O primeiro-ministro garante que o relatório divulgado pelo Expresso sobre o desaparecimento de armas em Tancos não é de nenhum organismo oficial e admite até que possa ser fabricado. Costa critica ainda o líder do PSD por ter comentado uma notícia que não confirmou. As Forças Armadas também negaram a existência de qualquer relatório sobre Tancos que o jornal reafirma existir e ser verdadeiro.

  • Maratona da democracia em Barcelona
    1:18

    Mundo

    Na Catalunha, milhares de pessoas alimentam o braço de ferro com Madrid. Em Barcelona decorre a maratona pela democracia, na Praça da Universidade. A iniciativa repete-se noutros 300 municípios da região.

  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.