sicnot

Perfil

Mundo

Robô entra pela primeira vez no reator 1 da central nuclear japonesa de Fukushima

A operadora da central nuclear japonesa de Fukushima começou hoje a explorar, com a ajuda de um robô telecomandado, o reator 1, um passo importante para a retirada do combustível do interior.

Shizuo Kambayashi/AP

Os técnicos introduziram o aparelho através de um tubo e começaram a operá-lo, por controlo remoto, para que aceda à parte superior do recipiente de contenção.

Se a operação for bem-sucedida, os técnicos da Tokyo Electric Power (TEPCO) poderão conseguir, pela primeira vez desde o acidente de 2011, observar o interior do depósito e o estado em que encontra o óxido de urânio fundido no seu interior, feito impossível até ao momento devido aos elevados níveis de radiação.

O robô tem como missão medir os níveis de radiação e a temperatura no interior, bem como recolher imagens.

Lusa
  • Marcelo promete entregar carta de menina com paralisia cerebral ao primeiro-ministro
    3:05

    País

    O Presidente da República está preocupado com os cuidadores dos cidadãos que precisam de cuidados paliativos. No Dia Internacional das Pessoas com Deficiência, que se assinalou este sábado, Marcelo Rebelo de Sousa visitou a Casa do Tejo, em Algés, onde três famílias de crianças com paralisia cerebral e outros problemas de saúde são recebidas em conjunto com os pais para que toda a famíla possa receber apoio de técnicos especializados. O Presidente recebeu uma carta de uma menina de 5 anos, com paralisia cerebral, e prometeu que a vai entregar ao primeiro-ministro, para que seja aberta uma porta legislativa mais larga para os problemas das pessoas deficientes.

  • O impacto e as consequências do referendo em Itália
    1:02