sicnot

Perfil

Mundo

Presidentes dos EUA e de Cuba reúnem-se pela primeira vez em meio século

Os Presidentes dos Estados Unidos e de Cuba, Barack Obama e Raúl Castro, mantiveram hoje conversações históricas no Panamá, no primeiro encontro desde a década de 1950 entre líderes de antigos adversários da Guerra Fria. 

© Jonathan Ernst / Reuters

Obama e Castro reuniram-se à margem da VII Cimeira das Américas que decorre na Cidade do Panamá, após terem emitido discursos conciliatórios perante cerca de 30 líderes regionais. 

O Presidente norte-americano tinha previamente agradecido ao seu homólogo cubano pelo seu "espírito de abertura" antes de um encontro face a face e sem precedentes desde 1956. 

"É evidentemente um encontro histórico (...). Estamos em condições de avançar em direção ao futuro", acrescentou perante os jornalistas, antes de iniciar o encontro à porta fechada com Raúl Castro. 

De acordo com a agência noticiosa Efe, Obama explicou ao seu homólogo de Cuba ter "chegado o momento" de o seu país tentar "algo de novo" nas relações com Havana porque a anterior política não funcionou. 

O encontro decorreu numa pequena sala do Centro de convenções Atlapa do Panamá, onde decorre a VII Cimeira das Américas na presença dos 35 países do continente e na qual Cuba participa pela primeira vez. 

Os dois presidentes estavam sentados lado a lado, num formato semelhante ao utilizado quando o chefe da Casa Branca recebe os seus convidados na sala oval. 

Segundo Obama, a maioria dos norte-americanos e também dos cubanos respondeu de forma positiva ao anúncio da normalização diplomática iniciada pelos dois responsáveis em dezembro. 

"Com o tempo é possível que possamos desenvolver uma nova relação entre os nossos países", sublinhou Obama. 

O histórico encontro de hoje foi precedido de uma conversa telefónica na quarta-feira entre os dois presidentes, centrada na análise do processo para o restabelecimento das relações diplomáticas bilaterais, que deverá implicar a abertura de embaixadas em Washington e Havana. 

Esta abertura foi ainda abordada na reunião de três horas na quinta-feira entre o secretário de Estado dos EUA, John Kerry, e o chefe da diplomacia cubana, Bruno Rodríguez, até hoje o contacto de mais alto nível diplomático entre os Estados Unidos e Cuba desde 1958. 


Lusa
  • Santana diz que Marcelo por vezes faz de conta que é primeiro-ministro
    1:12

    País

    Santana Lopes diz que a expectativa que Passos Coelho criou sobre o mau desempenho do Governo se está a virar-se contra ele. Numa entrevista ao jornal Expresso deste sábado, o ex-primeiro-ministro e ex-presidente da Câmara Municipal de Lisboa considera contudo que Passos Coelho ainda poderá ganhar as próximas eleições. Sobre Marcelo, o atual provedor da Santa Casa da Misericórdia diz que por vezes faz de conta que é o primeiro-ministro.

  • Coala do Zoo de Duisburg viaja para Lisboa 

    País

    A SIC acompanhou, em exclusivo, a transferência de uma coala do Zoo de Duisburg, na Alemanha, para o Jardim Zoológico de Lisboa. O animal foi transportado pela TAP e batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Uma reportagem para ver mais logo no Jornal da Noite da SIC.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Caravana com cinzas de Fidel chega este sábado a Santiago de Cuba
    2:01
  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.