sicnot

Perfil

Mundo

Presidentes dos EUA e de Cuba reúnem-se pela primeira vez em meio século

Os Presidentes dos Estados Unidos e de Cuba, Barack Obama e Raúl Castro, mantiveram hoje conversações históricas no Panamá, no primeiro encontro desde a década de 1950 entre líderes de antigos adversários da Guerra Fria. 

© Jonathan Ernst / Reuters

Obama e Castro reuniram-se à margem da VII Cimeira das Américas que decorre na Cidade do Panamá, após terem emitido discursos conciliatórios perante cerca de 30 líderes regionais. 

O Presidente norte-americano tinha previamente agradecido ao seu homólogo cubano pelo seu "espírito de abertura" antes de um encontro face a face e sem precedentes desde 1956. 

"É evidentemente um encontro histórico (...). Estamos em condições de avançar em direção ao futuro", acrescentou perante os jornalistas, antes de iniciar o encontro à porta fechada com Raúl Castro. 

De acordo com a agência noticiosa Efe, Obama explicou ao seu homólogo de Cuba ter "chegado o momento" de o seu país tentar "algo de novo" nas relações com Havana porque a anterior política não funcionou. 

O encontro decorreu numa pequena sala do Centro de convenções Atlapa do Panamá, onde decorre a VII Cimeira das Américas na presença dos 35 países do continente e na qual Cuba participa pela primeira vez. 

Os dois presidentes estavam sentados lado a lado, num formato semelhante ao utilizado quando o chefe da Casa Branca recebe os seus convidados na sala oval. 

Segundo Obama, a maioria dos norte-americanos e também dos cubanos respondeu de forma positiva ao anúncio da normalização diplomática iniciada pelos dois responsáveis em dezembro. 

"Com o tempo é possível que possamos desenvolver uma nova relação entre os nossos países", sublinhou Obama. 

O histórico encontro de hoje foi precedido de uma conversa telefónica na quarta-feira entre os dois presidentes, centrada na análise do processo para o restabelecimento das relações diplomáticas bilaterais, que deverá implicar a abertura de embaixadas em Washington e Havana. 

Esta abertura foi ainda abordada na reunião de três horas na quinta-feira entre o secretário de Estado dos EUA, John Kerry, e o chefe da diplomacia cubana, Bruno Rodríguez, até hoje o contacto de mais alto nível diplomático entre os Estados Unidos e Cuba desde 1958. 


Lusa
  • Governo enfrenta vaga de contestação
    2:35

    Economia

    O Governo enfrenta uma onda de contestação. Guardas prisionais, procuradores, professores, médicos e enfermeiros descontentes ameaçam com greves nos diferentes setores, já nos meses de março e abril.

  • Proposta criação de 77 mil empregos através de uma descida da TSU
    1:23
  • Alertas de fogos e outras catástrofes por SMS

    País

    As operadoras de telecomunicações deverão começar já este ano a enviar mensagens de alerta em caso de catástrofes. O sistema de avisos à população deverá entrar em vigor ainda antes da época de incêndios

  • Os grandes desafios de Rui Rio, segundo Poiares Maduro
    7:43

    O ex-ministro de Pedro Passos Coelho, Miguel Poiares Maduro, falou com a SIC sobre o que reserva o futuro para o PSD e quais serão os principais desafios na área económica para a liderança de Rui Rio. O défice, a descentralização, o próximo Orçamento do Estado e a eventualidade de um bloco central foram alguns dos temas da conversa. Uma entrevista transmitida esta quarta-feira, no programa Negócios da Semana.

  • 296 mortos em 2 dias de bombardeamentos em Ghouta Oriental
    2:16
  • Tiroteio na Florida foi o 18.º registado em meio escolar nos EUA desde janeiro
    1:25
  • Quem é Elon Musk?
    9:42