sicnot

Perfil

Mundo

Mais de 6 mil jihadistas europeus podem estar a combater na Síria

Os cidadãos europeus que se juntaram às fileiras de grupos 'jihadistas' para combater na Síria podem ser mais de 6.000, disse a comissária europeia da Justiça, Vera Jourová, a um jornal francês. 

"A nível europeu, estimamos que entre 5.000 a 6.000 indivíduos fugiram para a Síria", disse hoje, em entrevista ao Le Figaro, a comissária europeia da Justiça, Vera Jourová, acrescentando que o número pode ser superior devido à dificuldade em detetar os combatentes estrangeiros no conflito. 

"Na altura dos ataques em Paris e Copenhaga, decidimos não nos deixar guiar pelo medo", disse, referindo-se aos ataques ao jornal satírico Charlie Hebdo e a um centro cultural na Dinamarca.

Vera Jourová disse que a União Europeia (UE) preferiu promover a prevenção como forma de conter o êxodo constante de cidadãos europeus, analisando as razões pelas quais estes se juntavam a grupos 'jihadistas', além de motivos religiosos.

A pesquisa britânica identificou "o desejo de aventura, tédio, insatisfação com a sua vida e falta de perspetivas", em todos os que optaram por abandonar as suas famílias e ir para a Síria, afirmou a comissária. 

Outra ação da UE foi acelerar a troca de informação entre as forças da polícia e os tribunais dos estados membros, com mais partilha de dados pelos serviços secretos. 

Mais de 215 mil pessoas foram mortas no conflito iniciado há quatro anos na Síria e cada vez mais dominado por grupos 'jihadistas'. 

  • Um pedido de desculpas aos portugueses e um ultimato ao Governo
    3:21
  • Vouzela tenta regressar à normalidade, 8 pessoas morreram no concelho
    2:28

    País

    No concelho de Vouzela, a população começa a voltar à normalidade. Aos poucos a luz e a água estão a voltar e as pessoas começam a ganhar forças para reconstruir aquilo que lhes foi tirado pelos fogos. No entanto, as feridas demoram a sarar e não será fácil esquecer que 80 a 90 por cento deste concelho foi destruído pelos incêndios e oito pessoas morreram.

  • Material de guerra de Tancos encontrado, faltam munições
    1:40
  • "Se os bombeiros não chegam, os vizinhos vão ficar sem casa"
    1:03
  • Madrid admite suspender autonomia da Catalunha
    1:51
  • Alemanha já tem uma versão de Donald Trump... em cera
    1:08