sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos 23 pessoas morreram nos incêndios no sul da Sibéria

Pelo menos 23 pessoas morreram por causa dos incêndios que deflagram no domingo na República de Jakasia, no sul da Sibéria, e que resultaram de queimadas agrícolas, indicaram hoje as autoridades locais.

© Ilya Naymushin / Reuters

"Até ao momento, contabilizámos 23 mortos", disse o porta-voz do Comité de Instrução da Rússia, Vladimir Markin, anunciando ainda que as autoridades já iniciaram um processo-crime por negligência relacionada com a segurança contra os incêndios.

Segundo as autoridades de saúde locais, meio milhar de pessoas foram socorridas por terem queimaduras leves ou falta de ar e, das 77 pessoas hospitalizadas, oito têm prognóstico grave.

O Ministério do Interior russo esclareceu hoje que os incêndios, que foram extintos hoje de manhã na quase totalidade, destruíram 1.500 casas.

Os incêndios atingiram 40 localidades, tendo afetado 5.000 habitantes, incluindo um milhar de crianças, que ficaram sem casas.

Também morreram devido ao fogo ou por asfixia 4.000 cabeças de gado, na sua maioria ovelhas e vacas.

Os fortes ventos fizeram com que as chamas se propagassem mais facilmente, segundo as autoridades, fator que dificultou a ação dos bombeiros.

O ministro da Emergência da Rússia, Vladímir Puchkov, decretou no domingo um regime especial contra incêndios em todas as regiões da Sibéria.

"Temos de por em prática um controlo muito apertado que proíba as queimadas agrícolas indiscriminadas", advertiu aquele responsável.







Lusa
  • O papel da religião no quotidiano
    24:57
  • Jane Goodall iniciou palestra com sons semelhantes aos dos chimpanzés
    2:18

    País

    A investigadora Jane Goodall esteve esta quinta-feira em Lisboa para participar numa conferência da National Geographic. A primatóloga começou o seu discurso com sons semelhantes aos dos chimpanzés. Numa entrevista à SIC, Goodall falou sobre os chimpanzés e sobre o trabalho que continua a desenvolver em todo o mundo, em prol do ambiente, dos animais e das pessoas. 

  • NATO vai aumentar luta contra o terrorismo

    Mundo

    O secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, disse que os aliados da NATO concordaram esta quinta-feira em aumentar a luta contra o terrorismo e em "investir mais e melhor" na Aliança.

  • Trump empurra líder do Montenegro para ficar à frente na fotografia

    Mundo

    A reunião de líderes dos Estados-membros da NATO, que decorreu esta quinta-feira em Bruxelas, na Bélgica, ficou marcada por um momento insólito em que o Presidente norte-americano não quis abdicar de ficar no melhor plano possível nas fotografias de grupo. Nem que para isso tenha sido necessário empurar o líder de outro país.

  • O humor de John Kerry nas críticas a Trump
    0:40

    Mundo

    John Kerry criticou as ligações de Donald Trump com a Rússia durante um discurso de abertura, na Universidade de Harvard. O ex-secretário de Estado norte-americano disse, em tom de brincadeira, que se os jovens querem vingar na política, devem primeiro aprender a falar russo.