sicnot

Perfil

Mundo

Turquia expulsa nove britânicos que pretendiam viajar para a Síria

A Turquia expulsou hoje nove britânicos, detidos quando tentavam partir para a Síria, onde pretendiam aparentemente juntar-se aos 'jihadistas' do grupo extremista Estado Islâmico (EI), noticiou a agência turca Anatolia. 

© Osman Orsal / Reuters

As duas mulheres e os três homens foram detidos a 01 de abril na região de Hatay, no sul da Turquia, com quatro menores de idade, incluindo um bebé de um ano de idade. 

Os cidadãos britânicos foram levados para Adana (sul), de onde vão seguir, de avião, para Antalya (sul) e depois para o Reino Unido, acrescentou a agência noticiosa turca, precisando que estas pessoas foram proibidas de permanecer na Turquia. 

A Turquia é regularmente acusada pelos países ocidentais de não impedir o atual fluxo de candidatos a lutar nas fileiras do EI, que controla grandes áreas territoriais no Iraque e na Síria, junto à fronteira turca. 

Ancara foi duramente criticada por não ter impedido a passagem de três adolescentes britânicas para a Síria, em fevereiro passado, que pretendiam juntar-se ao EI. 

A Turquia reforçou os controlos fronteiriços e expulsou, no mês passado, para o Reino Unido uma mulher e três adolecentes britânicos suspeitos de quererem juntar-se aos 'jihadistas'. 

De acordo com dados oficiais de março, as autoridades turcas - que recebem informação dos serviços secretos europeus - deportaram já 1.500 cidadãos de países da UE, que viajaram para a Turquia com a intenção de se juntarem ao EI. 

  • Negócios do Fogo
    22:00
  • Direção da Raríssimas na Madeira demitiu-se em setembro
    1:58

    País

    Três representantes da Raríssimas na ilha da Madeira demitiram-se, em setembro, de costas voltas para a direção. A delegação da instituição na ilha começou em 2015 e fechou com as três demissões. Em entrevista à SIC, uma das antigas delegadas afirmou que todos os fundos angariados foram para a sede, em Lisboa, ficando depois sem dinheiro para pagas as despesas.

  • Deputado do PSD recusa vice-presidência da Raríssimas
    1:58

    País

    Nas reações políticas ao caso da Raríssimas, o PSD e CDS dizem que é preciso acionar todos os mecanismos legais apropriados para averiguar a situação. O deputado social-democrata, Ricardo Baptista Leite, que tinha sido convidado recentemente para vice-presidente da instituição, diz que já não há condições para tomar posse.

  • Presidente da Câmara de Nova Iorque confirma "atentado terrorista falhado"
    0:29
  • Israel volta a bombardear posições do Hamas em Gaza

    Mundo

    O exército israelita voltou a bombardear esta segunda-feira posições do movimento Hamas na Faixa de Gaza em resposta ao lançamento de projéteis em direção a Israel pelas milícias palestinianas, informou um comunicado militar.

  • A brincadeira de um youtuber que podia ter acabado mal

    Mundo

    Um jovem youtuber inglês enfiou a cabeça num saco de plástico, prendeu-a na parte interna de um microondas e encheu depois o eletrodoméstico com cimento. A brincadeira, que podia ter acabado de forma trágica, deixou o jovem completamente preso e obrigou à intervenção dos serviços de emergência.

    SIC

  • "Popeye" russo pode ter que amputar braços

    Mundo

    Um jovem russo injetou um óleo no corpo para conseguir ter músculos, mais propriamente nos seus braços, que já cresceram cerca de 25 centímetros. Contudo, segundo um médico, o procedimento pode levar à necessidade de amputação, deixando o jovem sem os membros.