sicnot

Perfil

Mundo

Turquia expulsa nove britânicos que pretendiam viajar para a Síria

A Turquia expulsou hoje nove britânicos, detidos quando tentavam partir para a Síria, onde pretendiam aparentemente juntar-se aos 'jihadistas' do grupo extremista Estado Islâmico (EI), noticiou a agência turca Anatolia. 

© Osman Orsal / Reuters

As duas mulheres e os três homens foram detidos a 01 de abril na região de Hatay, no sul da Turquia, com quatro menores de idade, incluindo um bebé de um ano de idade. 

Os cidadãos britânicos foram levados para Adana (sul), de onde vão seguir, de avião, para Antalya (sul) e depois para o Reino Unido, acrescentou a agência noticiosa turca, precisando que estas pessoas foram proibidas de permanecer na Turquia. 

A Turquia é regularmente acusada pelos países ocidentais de não impedir o atual fluxo de candidatos a lutar nas fileiras do EI, que controla grandes áreas territoriais no Iraque e na Síria, junto à fronteira turca. 

Ancara foi duramente criticada por não ter impedido a passagem de três adolescentes britânicas para a Síria, em fevereiro passado, que pretendiam juntar-se ao EI. 

A Turquia reforçou os controlos fronteiriços e expulsou, no mês passado, para o Reino Unido uma mulher e três adolecentes britânicos suspeitos de quererem juntar-se aos 'jihadistas'. 

De acordo com dados oficiais de março, as autoridades turcas - que recebem informação dos serviços secretos europeus - deportaram já 1.500 cidadãos de países da UE, que viajaram para a Turquia com a intenção de se juntarem ao EI. 

  • "Tanolas" tem cadastro criminal e já foi condenado a pena suspensa
    0:55