sicnot

Perfil

Mundo

Explicado o mistério das tempestades gigantes em Saturno

As tempestades gigantes em Saturno, conhecidas como "tempestades brancas" são causadas pela humidade na atmosfera do planeta, concluíram cientistas dos EUA.

NASA

Desde que foram vistas pela primeira vez em 1876, as "tempestades brancas" produziram-se seis vezes. Podem comparar-se ao fenómeno de relâmpagos na Terra, só que podem estender-se por milhares de quilómetros e duram meses. Ocorrem todos os 20 ou 30 anos e podem ser vistas a partir da Terra.

De acordo com um estudo publicado na revista científica britânica Nature Geoscience, as tempestades ocorrem devido à forma como o vapor de água interage na atmosfera do planeta gigante. 

Os autores do estudo, Cheng Li e Andrew Ingersoll, do Instituto de Tecnologia da Califórnia, argumentam que as gotas de vapor evitam que gases menos densos emerjam, esfriem e condensem, e que essa reação provoca trovoadas.

  • Obras no Miradouro de São de Pedro de Alcântara não foram a concurso
    2:50

    País

    As obras no Miradouro de São Pedro de Alcântara, em Lisboa, arrancaram esta segunda-feira. A intervenção foi adjudicada à construtora Teixeira Duarte sem concurso público. A autarquia justifica esta decisão com o caráter urgente da obra, argumento que não consta do relatório do Laboratório Nacional de Engenheria Civil, a que a SIC teve acesso.

  • Rajadas de vento em Moscovo atingem os 110 km/hora
    0:57

    Mundo

    A passagem de uma tempestade por Moscovo fez pelo menos 11 mortos e mais de 50 feridos. Os ventos fortes, que chegaram aos 110 km/hora, destruíram carros e telhados e provocaram atrasos nos transportes. Na região de Stavropol, mais de 60 mil pessoas foram retiradas de casa por perigo de cheias.