sicnot

Perfil

Mundo

Papa afirma que eliminar diferenças entre sexos "é um passo atrás"

O Papa afirmou hoje, ao referir-se à chamada "teoria do género", que a eliminação das diferenças entre sexos "é um passo atrás", durante a audiência geral na praça de São Pedro. 

© Tony Gentile / Reuters

"Pergunto-me se a crise de confiança coletiva em Deus, que tão desmoralizados, incrédulos e cínicos nos deixa, não está também ligada à crise da aliança entre o homem e a mulher", observou o Papa argentino na audiência geral na praça de São Pedro, perante cerca de 30 mil fiéis de todo o mundo. 

"A alegada teoria do género" parece ser "a expressão de uma frustração e de uma resignação que visa apagar a diferença sexual por já não sabermos confrontá-la", acrescentou. 

Para Francisco, este "é um passo atrás", já que "eliminar a diferença (de sexo) é o problema e não a solução". 

O Papa defendeu que "a diferença entre os dois (homem e mulher) não é para competir ou dominar, mas para que se dê a reciprocidade necessária para a comunhão e para a procriação, à imagem e semelhança de Deus". 

"A união matrimonial e familiar para toda a vida baseia-se nesta complementaridade (...)", disse Francisco, que se referiu também à crise do casamento e pediu aos casais "que falem mais, ouçam mais, se conheçam mais e se tratem com respeito e cooperem com amizade". 

Para "ultrapassar as dificuldades desta união", Francisco considerou ser necessário "fazer mais a favor da mulher" e "voltar a redescobrir a beleza do desenho criador de Deus". 

"Temos que fazer muito mais a favor da mulher. Não só para que seja mais reconhecida, mas para que a sua voz tenha um peso real, uma autoridade efetiva na sociedade e na Igreja" Católica, sublinhou. 

Esta intervenção de Francisco ocorre seis meses antes de um sínodo (assembleia de bispos) crucial para a família e a sua catequese parece ser uma nova defesa do casamento, apesar de a ala conservadora da Igreja Católica considerar o atual papa demasiado liberal e aberto nas questões sobre o casamento e a homossexualidade. 



Lusa
  • As crianças e o frio. O que vestir
    1:58

    País

    O médico Pedro Ribeiro da Silva, da Direção-Geral da Saúde, aconselha especial cuidado com as extremidades do corpo - usar luvas e gorros. E demasiado agasalhadas pode levá-as a transpirar mais e, consequentemente, desidratar.

  • Mortágua acusa PSD de andar a brincar com a vida das pessoas
    0:47

    Opinião

    No Esquerda/Direita da SIC Notícias, António Leitão Amaro reafirmou ontem à noite que o PSD não é contra o aumento do salário mínimo mas contra a descida da TSU. Já Mariana Mortágua acusou os sociais-democratas de andar a brincar com a vida dos portugueses.

  • Pelo menos 30 mortos e 75 feridos em incêndio e derrocada de edifício em Teerão

    Mundo

    Pelo menos 30 bombeiros morreram esta quinta-feira e cerca de 75 pessoas ficaram feridas em Teerão, quando um edifício de 17 andares ruiu depois de ser consumido pelas chamas, noticiaram os meios de comunicação estatais iranianos. O edifício "Plasco" situa-se no centro da capital iraniana, a norte da zona do mercado.

    Em desenvolvimento

  • Os finalistas do Carro do Ano 2017 são...
    0:53

    Economia

    São sete os escolhidos pelos jurados do Carro do Ano, iniciativa do Expresso e da SIC Notícias. À final chegaram o Citroen C3 Pure Tech, o Hyundai IONIQ Hybrid Tech, da Kia o novo modelo Optima Sportwagon 1.7 CRDi GT Line, o Peugeot 3008 Allure 1.6 BlueHdi, o Renault Mégane Sport Tourer Energy dCI, o SEAT Ateca 1.6 TDI CR Style e ainda o Volvo V90.