sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos três mortos e nove feridos em atentado-suicida no Mali

Pelo menos três pessoas morreram e nove ficaram feridas, três das quais com gravidade, num atentado-suicida perpetrado num acampamento da missão da ONU no Mali (Minusma) em Ansongo, no leste do país, perto da fronteira com o Níger.

O pânico tomou a população de Ansongo, na região de Gao, onde as escolas e o comércio fecharam as portas após o atentado, indicaram as mesmas fontes. (Arquivo)

O pânico tomou a população de Ansongo, na região de Gao, onde as escolas e o comércio fecharam as portas após o atentado, indicaram as mesmas fontes. (Arquivo)

© Stringer . / Reuters

Segundo fontes policiais e locais, um homem que conduzia uma viatura todo-o-terreno irrompeu pelo acampamento pelo meio-dia, levando à frente a barreira da entrada, fazendo embater o veículo contra uma bomba de gasolina no interior, provocando um incêndio.

Os mortos e feridos são, aparentemente, todos civis, embora a Minusma ainda não se tenha pronunciado sobre eventuais vítimas nas suas fileiras.

O pânico tomou a população de Ansongo, na região de Gao, onde as escolas e o comércio fecharam as portas após o atentado, indicaram as mesmas fontes.

Apesar de o ataque não ter ainda sido reivindicado, os atentados-suicidas no Mali costumam ser cometidos por grupos 'jihadistas' da órbita de influência da organização terrorista Al-Qaida ou semelhantes, que escolhem como alvos as forças governamentais ou as da ONU.

Este atentado ocorreu numa altura em que se está prestes a assinar em Argel um acordo de paz entre os diversos grupos armados no norte do Mali, apesar de os grupos independentistas ou federalistas estarem a colocar entraves até ao último momento e de a assinatura do pacto ainda não ter sido concretizada.
Lusa
  • Escritor e filólogo Frederico Lourenço distinguido com o Prémio Pessoa 2016

    Cultura

    O escritor, tradutor, professor universitário Frederico Lourenço foi distinguido com o Prémio Pessoa 2016. O anúncio foi feito hoje pelo presidente do júri, Francisco Pinto Balsemão, no Palácio de Seteais, em Sintra, sublinhando que a atividade de Frederico Lourenço tem como "traço singular" ter oferecido "à língua portuguesa as grandes obras de literatura clássica".

  • Governo garante que Portugal não desperdiçou nenhum fundo de ajuda alimentar
    1:18

    País

    O ministro da Solidariedade e Segurança Social garante que Portugal não desperdiçou nenhum fundo europeu de ajuda alimentar. Vieira da Silva respondeu, esta manhã, à notícia avançada pelo Jornal de Notícias que dava conta de que, este ano, o país teria desperdiçado 28 milhões de euros de um fundo europeu porque o programa ainda não está operacional. O ministro garante que o programa vai ser executado em 2017 e que este ano serviu para tomar medidas no sentido dessa implementação. Vieira da Silva assegura também que o montante disponível para o programa não foi desperdiçado e vai poder ser usado.

  • Sporting de Braga eliminado da Liga Europa
    2:01
  • Explosão no Cairo faz seis mortos

    Mundo

    Seis pessoas morreram hoje numa explosão junto a um posto de controlo da polícia no Cairo, indicaram os meios de comunicação social e responsáveis egípcios.