sicnot

Perfil

Mundo

Governo grego anuncia medidas para enfrentar novo fluxo de imigrantes ilegais

O Governo grego anunciou hoje medidas de emergência para enfrentar uma nova vaga de imigrantes e refugiados que estão a dirigir-se para o país e colocou como prioridade a sua transferência para o continente a partir das ilhas.  

© Alkis Konstantinidis / Reuter

O plano do executivo de Atenas, divulgado pela ministra ajunta para a Imigração, Tasia Christodoulopoulou, estabelece o "imediato descongestionamento" das ilhas gregas, com prioridade para as mais pequenas por não disporem das infraestruturas necessárias.  

O governo grego pretende alugar barcos para transportar os imigrantes a partir as ilhas para outras regiões do país, e já pediu ajuda financeira à União Europeia (UE).  

Tasia Christodoulopoulou também anunciou que todos os indocumentados que têm desembarcado nas ilhas gregas serão enviados para centros em todo o país, e assinalou que em último recurso serão utilizadas para acolhimento temporário dependências abandonadas do governo e do exército.   

O plano inclui um programa completo de exames médicos realizado em conjunto com o centro de controlo de doenças infeciosas, com a participação de unidades móveis e que permitirá aos indocumentados o seu ingresso nos hospitais públicos em caso de necessidade. 

Vão ainda ser estabelecidas oito gabinetes regionais descentralizados para processamento de pedidos de asilo político, mais cinco que os atualmente existentes, e contratado pessoal para trabalhar nos centros de acolhimento. 

Por último, serão impressos folhetos com informação útil em cinco línguas e que serão distribuídos pelos refugiados. 

Estas medidas tentam responder a um aumento exponencial do número de imigrantes clandestinos e refugiados que estão a chegar à Grécia. 

Apenas no primeiro trimestre de 2015 o país acolheu 10.445 indocumentados, contra 2.863 pessoas em igual período do ano anterior. 

Hoje, a guarda costeira grega identificou 220 pessoas que chegaram nas últimas 24 horas às ilhas de Kos, Lesbos e Samos, no leste do mar Egeu. 

Pela sua posição geográfica, a Grécia permanece uma das principais portas de entrada de imigrantes que querem alcançar território europeu, e tem insistido na necessidade de apoio comunitário. 

Os conflitos no Afeganistão e Iraque, e a intensificação da guerra neste país e na vizinha Síria, são o principal motivo para o forte aumento do fluxo de indocumentados em direção à Grécia. 

Lusa

  • ONU pede à UE solução para imigrantes ilegais que tentam chegar à Europa
    0:49

    Mundo

    A ONU apela à União Europeia para que encontre uma solução que salve as vidas dos imigrantes ilegais que tentam chegar à Europa. O Alto Comissariado das Nações Unidas para os refugiados diz que está a aumentar o número de imigrantes que tentam atravessar o Mediterrâneo e cresce também o número de vítimas da travessia.

  • Lesados do BES manifestam-se hoje no Porto 

    Queda do BES

    Um grupo de lesados pelo Banco Espírito Santo (BES) concentra-se hoje no Porto para exigir "bom senso" ao Governo, ao Banco de Portugal (BdP) e aos responsáveis do Novo Banco, refere um comunicado remetido às redações.A manifestação está marcada para as 11:00, nas imediações do balcão do Novo Banco e do Banco de Portugal, na Avenida dos Aliados, e a nota dirigida à imprensa é assinada por quase centena e meia de pessoas."

  • O que vai mudar nos recibos verdes
    2:55

    Economia

    Os trabalhadores independentes vão descontar menos para a Segurança Social já no próximo ano. A taxa vai descer dos 29,6% por cento para os 21,4%. A descida será compensada por um aumento das contribuições pagas pelos patrões. Há também alterações em caso de desemprego e o subsídio de doença passa a ser pago ao fim de 10 dias em vez de 31.

  • Tripulantes da TAP acusam companhia de desrespeitar compromissos
    3:16

    Economia

    O Sindicato que representa os tripulantes da TAP acusa a empresa de estar a violar a lei. A companhia aérea portuguesa denunciou unilateralmente o acordo de empresa com os tripulantes e apresentou novas condições, que o sindicato considera indignas. Diz que os tripulantes fizeram esforços pela companhia no verão e que agora estão a ser desrespeitados.

  • Uma "Árvore da Esperança" pelas vítimas dos fogos
    2:01
  • Morre congressista republicano norte-americano acusado de assédio sexual

    Mundo

    O congressista estatal do Kentucky e pastor evangélico Dan Johnson morreu na quarta-feira, num aparente suicídio, dois dias depois de ser acusado de assédio sexual por uma mulher, disseram as autoridades. O médico legista do condado, Dave Billings, afirmou que a morte de Johnson foi causada por um único tiro, numa ponte de Mount Washinton, perto de Louisville, onde estacionou o automóvel.

  • Bebé nasce com coração fora do peito e sobrevive
    2:06
  • Zapatou volta a eleger os melhores vídeos da internet
    6:28