sicnot

Perfil

Mundo

Polícia brasileira prende dois suspeitos de corrupção em empresa estatal

A Polícia Federal brasileira prendeu ontem dois suspeitos de desvios de dinheiro da empresa Eletronorte, concessionária de serviço público de energia elétrica responsável pelo abastecimento de nove Estados do norte, nordeste e centro-oeste brasileiro. João Vaccari Neto, tesoureiro do Partido dos Trabalhadores (PT, de Dilma Rousseff), foi preso ontem preventivamente, suspeito de receber subornos de contratos da Petrobras e de os usar para financiar campanhas políticas.

João Vaccari Neto (na foto), tesoureiro do Partido dos Trabalhadores, foi preso preventivamente (Reuters/ Arquivo)

João Vaccari Neto (na foto), tesoureiro do Partido dos Trabalhadores, foi preso preventivamente (Reuters/ Arquivo)

© Ueslei Marcelino / Reuters

A ação, denominada Operação Choque, tem o objetivo de investigar a presença de uma organização criminosa na Eletronorte, e foi feita em conjunto com o Ministério Público Federal e com a Controladoria-Geral da União (responsável pelo combate à corrupção no Governo federal).

 

Além das duas prisões, foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão, nas cidades de Marília, em São Paulo, Porto Velho, em Rondônia, Belo Horizonte, em Minas Gerais, Rio de Janeiro e Brasília.

 

A investigação, segundo a Polícia Federal, descobriu que um gerente da estatal usava uma empresa de fachada no nome de familiares para enriquecer ilicitamente e que ele recebia vantagens de outras empresas que tinham contratos com a Eletronorte.

 

Os crimes investigados são os de corrupção passiva e ativa, associação criminosa, fraudes em licitações e branqueamento de capitais.

 

A operação se dá em um momento em que o Brasil se vê imerso nas investigações de crimes e irregularidades na petroleira Petrobras, que começou em março do ano passado e acusa políticos, executivos de construtoras e ex-funcionários de corrupção.

 

Com Lusa

  • Partido Podemos com votação inédita em Espanha
    1:32

    Mundo

    Há uma votação inédita em Espanha. O Podemos começou esta terça-feira a decidir a continuidade do líder do partido, depois de Pablo Iglesias e a companheira terem comprado uma casa de 600 mil euros.

  • Rui Rio alerta que violações do segredo de justiça ameaçam democracia
    2:16

    País

    Rui Rio diz que não pede demissões "a cada esquina" e prefere aguardar pelas respostas do ministro Adjunto Siza Vieira, sobre o alegado conflito de interesses com os acionistas chineses da EDP. O líder do PSD esteve esta terça-feira reunido com a direção nacional da Polícia Judiciária, onde defendeu que a violação do segredo de justiça é insustentável e ameaça o regime democrático.

  • Reclusos limpam Ria Formosa
    3:01

    País

    Alguns reclusos do estabelecimento prisional de Olhão estão pela segunda vez a limpar a ilha da Armona, na Ria Formosa. São homens que beneficiam de regime aberto e, em fim de cumprimento de pena, têm com este trabalho uma amostra da liberdade que tanto aguardam.

  • A maior obra de reconversão urbana em Portugal 20 anos depois
    3:47