sicnot

Perfil

Mundo

Site que promove adultério quer entrar na bolsa de Londres

O site de encontros para pessoas casadas AshleyMadison.com anunciou, na quarta-feira, a sua próxima entrada na bolsa de valores londrina, onde espera conseguir 200 milhões de dólares (187 milhões de euros). 

O aviso foi feito por Noel Biderman, presidente executivo da sociedade canadiana Avid Life Media, que possui o AshleyMadison.com.

A empresa reivindica que tem 36 milhões de clientes, em 40 países, e Biderman considerou iminente a chegada à China. 

Um dos slogans do serviço é "A vida é curta, tenha uma relação" e os assinantes podem entrar em contacto com pessoas que estejam a viver em comum, mas que se encontrem abertas a discussões e mais, se houver afinidades. 

"Desenvolvemos uma outra faceta dos encontros, que é talvez maior do que a do mercado dos solteiros", adiantou Biderman.

O site financia-se com a venda de publicidade e as assinaturas dos membros e em 2014 faturou cerca de 115 milhões de dólares (108 milhões de euros). 

Em 2010, a empresa falhou uma tentativa de entrar na bolsa de Toronto. 

Com Lusa
  • A homenagem a Mário Soares no congresso do PS
    2:30
  • Costa defende legalização da eutanásia como forma de "alargar a liberdade"
    0:42
  • Duquesa de Sussex já tem brasão

    Harry & Meghan

    O Palácio de Kensington apresentou esta sexta-feira o brasão da Duquesa de Sussex, Meghan Markle. O brasão foi criado pelo College of Arms mas teve a ajuda da duquesa para que este fosse "pessoal e representativo".

    SIC