sicnot

Perfil

Mundo

Doze pessoas detidas após ataques xenófobos em Joanesburgo

Doze pessoas foram detidas após ataques na noite de quinta-feira para hoje no centro da cidade sul-africana de Joanesburgo contra lojas de estrangeiros, num novo episódio da violência xenófoba que começou no início do mês em Durban (leste). 

© Rogan Ward / Reuters

O porta-voz da polícia Lungelo Dlamini disse que os "12 suspeitos foram detidos por tentaram entrar em lojas de estrangeiros", não referindo a existência de feridos.

Segundo os media locais, os atacantes gritaram aos estrangeiros para deixarem a África do Sul, incendiaram viaturas e confrontaram a polícia.

Os incidentes violentos que afetam Durban e Joanesburgo causaram seis mortos.

Na quinta-feira, o Presidente sul-africano, Jacob Zuma, lançou um apelo à calma, tendo afirmado que "nenhum nível de frustração ou de raiva pode justificar ataques contra os cidadãos estrangeiros ou a pilhagem das suas lojas".

Em janeiro, uma explosão de violência xenófoba causou seis mortos no Soweto, perto de Joanesburgo. Os ataques eram semelhantes aos atuais, os desordeiros atacavam lojas que pilhavam e perseguiam estrangeiros.

Em 2008, uma vaga de xenofobia sem precedente causou a morte de 62 pessoas na África do Sul.



Lusa
  • Zeca Afonso morreu há 30 anos
    1:11
  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • "Isto é uma mentira e tem carimbo de Estado"
    2:12

    Opinião

    O preço das botijas de gás em Portugal duplicou nos últimos 15 anos. José Gomes Ferreira esteve no Jornal da Noite, da SIC, onde explicou este aumento, lembrando que a classe política prometeu que se houvesse mais empresas a operar no mercado, os preços desciam. Contudo, José Gomes Ferreira diz que "isto é uma mentira e tem carimbo de Estado". O Diretor-Adjunto de Informação SIC explicou que como o mercado é livre, os operadores vendem aos preços mais altos que podem, deste modo os preços não variam muito entre uns e outros.

    José Gomes Ferreira