sicnot

Perfil

Mundo

Doze pessoas detidas após ataques xenófobos em Joanesburgo

Doze pessoas foram detidas após ataques na noite de quinta-feira para hoje no centro da cidade sul-africana de Joanesburgo contra lojas de estrangeiros, num novo episódio da violência xenófoba que começou no início do mês em Durban (leste). 

© Rogan Ward / Reuters

O porta-voz da polícia Lungelo Dlamini disse que os "12 suspeitos foram detidos por tentaram entrar em lojas de estrangeiros", não referindo a existência de feridos.

Segundo os media locais, os atacantes gritaram aos estrangeiros para deixarem a África do Sul, incendiaram viaturas e confrontaram a polícia.

Os incidentes violentos que afetam Durban e Joanesburgo causaram seis mortos.

Na quinta-feira, o Presidente sul-africano, Jacob Zuma, lançou um apelo à calma, tendo afirmado que "nenhum nível de frustração ou de raiva pode justificar ataques contra os cidadãos estrangeiros ou a pilhagem das suas lojas".

Em janeiro, uma explosão de violência xenófoba causou seis mortos no Soweto, perto de Joanesburgo. Os ataques eram semelhantes aos atuais, os desordeiros atacavam lojas que pilhavam e perseguiam estrangeiros.

Em 2008, uma vaga de xenofobia sem precedente causou a morte de 62 pessoas na África do Sul.



Lusa
  • Leão de Ouro de Souto de Moura faz "muito bem à alma" dos portugueses
    1:53
  • "Sonho com um futuro melhor", o desejo de um jovem sírio em Portugal
    2:12

    País

    Mais de 50 jovens sírios chegaram esta madrugada a Lisboa, para iniciarem o novo ano letivo, em Portugal. Sonham com um futuro melhor. Sonham com uma educação melhor. Os 54 estudantes vieram ao abrigo do programa lançado pelo antigo Presidente da República, Jorge Sampaio, que nos últimos anos já deu uma nova oportunidade a cerca de 200 alunos.

  • Na linha do triunfo
    16:49
  • Chamas do incêndio no Europa Park na Alemanha atingiram os 15 metros de altura
    0:57