sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos 36 mortos em bombardeamentos no Iémen

Pelo menos 36 pessoas morreram no sul do Iémen nos combates e nos bombardeamentos aéreos da coligação liderada pela Arábia Saudita.

Os raides aéreos da última noite visaram uma coluna de rebeldes xiitas, conhecidos como houthis, que estavam a caminho de uma zona onde existe uma refinaria de petróleo.

Os raides aéreos da última noite visaram uma coluna de rebeldes xiitas, conhecidos como houthis, que estavam a caminho de uma zona onde existe uma refinaria de petróleo.

Reuters

Os raides aéreos da última noite visaram uma coluna de rebeldes xiitas, conhecidos como houthis, que estavam a caminho de uma zona onde existe uma refinaria de petróleo. 

Em Saana, a capital do país, ontem foi dia de protestos. Milhares de houthis manifestaram-se nas ruas contra o embargo imposto pelas Nações Unidas.   

A ONU proibiu o fornecimento de armas ao país e apelou a um cessar-fogo imediato. A guerra no Iémen começou a 26 de março, com a coligação liderada pela Arábia Saudita, a tentar impedir o avanço dos rebeldes e a queda do Presidente Mansour Hadi.
  • Presidente visita zonas afetadas pelos fogos
    2:00

    País

    Numa visita inesperada, o Presidente da República esteve esta manhã em Vouzela, um dos concelhos mais atingidos pelos incêndios. Marcelo Rebelo de Sousa vai estar nos próximos dias no distrito de Viseu.

  • "Viverei com o peso na consciência até ao último dia"
    3:00
  • A fotografia que está a correr (e a impressionar) o Mundo

    Mundo

    A fotografia de uma cadela a carregar, na boca, o cadáver calcinado da cria está a comover o mundo. Entre as muitas fotografias que mostram o cenário causado pelos incêndios que devastaram a Galiza nos últimos dias, esta está a causar especial impacto. O registo é do fotógrafo Salvador Sas, da agência EFE. A imagem pode impressionar os mais sensíveis.