sicnot

Perfil

Mundo

Doença "misteriosa" mata 18 pessoas no sudoeste da Nigéria

Uma "doença misteriosa" matou 18 pessoas, que sucumbiram repentinamente, entre 23 casos de infeção registados no sudoeste da Nigéria, na cidade de Ode-Irele, disseram este sábado responsáveis sanitários nigerianos citados pela agência noticiosa francesa AFP.

Oficiais de saúde do Estado de Ondo indicaram que foram registadas 23 infeções e 18 mortes por uma "doença misteriosa" que surgiu no "início da semana, na cidade de Ode-Irele". (Arquivo)

Oficiais de saúde do Estado de Ondo indicaram que foram registadas 23 infeções e 18 mortes por uma "doença misteriosa" que surgiu no "início da semana, na cidade de Ode-Irele". (Arquivo)

© Afolabi Sotunde / Reuters

Oficiais de saúde do Estado de Ondo indicaram que foram registadas 23 infeções e 18 mortes por uma "doença misteriosa" que surgiu no "início da semana, na cidade de Ode-Irele". 

Os sintomas desta doença foram confirmados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e são dor de cabeça, perda de consciência e de peso, distúrbios de visão, seguidos de morte em 24 horas.

Os testes realizados até agora não indicaram se se trata de uma doença viral, nem especificamente do vírus Ébola, disse o porta-voz do Estado nigeriano de Ondo, Kayode Akinmade.

O mesmo responsável disse que especialistas da Organização Mundial de Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde nigeriano, tal como outros parceiros, encontram-se já em Ode-Irele para investigar a infeção desconhecida. 

O Hospital Universitário de Lagos está já a analisar amostras de fluidos corporais das pessoas infetadas, segundo um porta-voz da OMS.
Lusa
  • O vestido de Jennifer Lawrence que está a dar que falar

    Cultura

    Jennifer Lawrence escolheu um vestido arrojado para usar na sessão fotografia do próximo filme e a internet reagiu. Muitas foram as críticas feitas, que davam conta de uma roupa "demasiado reveladora" para o frio que se fazia sentir em Londres. Mas Jennifer Lawrence não deixou passar, criticando os comentários "sexistas" e "nada feministas".

    SIC

  • Proposta criação de 77 mil empregos através de uma descida da TSU
    1:23
  • Governo enfrenta vaga de contestação
    2:35

    Economia

    O Governo enfrenta uma onda de contestação. Guardas prisionais, procuradores, professores, médicos e enfermeiros descontentes ameaçam com greves nos diferentes setores, já nos meses de março e abril.

  • 296 mortos em 2 dias de bombardeamentos em Ghouta Oriental
    2:16
  • Tiroteio na Florida foi o 18.º registado em meio escolar nos EUA desde janeiro
    1:25