sicnot

Perfil

Mundo

Doença "misteriosa" mata 18 pessoas no sudoeste da Nigéria

Uma "doença misteriosa" matou 18 pessoas, que sucumbiram repentinamente, entre 23 casos de infeção registados no sudoeste da Nigéria, na cidade de Ode-Irele, disseram este sábado responsáveis sanitários nigerianos citados pela agência noticiosa francesa AFP.

Oficiais de saúde do Estado de Ondo indicaram que foram registadas 23 infeções e 18 mortes por uma "doença misteriosa" que surgiu no "início da semana, na cidade de Ode-Irele". (Arquivo)

Oficiais de saúde do Estado de Ondo indicaram que foram registadas 23 infeções e 18 mortes por uma "doença misteriosa" que surgiu no "início da semana, na cidade de Ode-Irele". (Arquivo)

© Afolabi Sotunde / Reuters

Oficiais de saúde do Estado de Ondo indicaram que foram registadas 23 infeções e 18 mortes por uma "doença misteriosa" que surgiu no "início da semana, na cidade de Ode-Irele". 

Os sintomas desta doença foram confirmados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e são dor de cabeça, perda de consciência e de peso, distúrbios de visão, seguidos de morte em 24 horas.

Os testes realizados até agora não indicaram se se trata de uma doença viral, nem especificamente do vírus Ébola, disse o porta-voz do Estado nigeriano de Ondo, Kayode Akinmade.

O mesmo responsável disse que especialistas da Organização Mundial de Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde nigeriano, tal como outros parceiros, encontram-se já em Ode-Irele para investigar a infeção desconhecida. 

O Hospital Universitário de Lagos está já a analisar amostras de fluidos corporais das pessoas infetadas, segundo um porta-voz da OMS.
Lusa
  • PSD está a "perder terreno" na escolha de candidato a Lisboa
    1:46

    País

    Quem o diz é Luís Marques Mendes: o PSD perde na demora da escolha de um candidato para a Câmara de Lisboa. O líder Passos Coelho rejeita apoiar a candidatura de Assunção Cristas e garante que o partido vai ter um candidato próprio. Segundo o comentador da SIC, o último convite foi dirigido a José Eduardo Moniz.

  • Trump não escreve todos os tweets, mas dita-os

    Mundo

    O Presidente eleito dos EUA não escreve todos os tweets que são publicados na sua conta desta rede social, mas dita-os aos seus funcionários. Numa entrevista a um ex-secretário de Estado britânico, Donald Trump explica como usa a sua conta e garante que depois de ser investido Presidente, vai continuar a usar o Twitter para defender-se da "imprensa desonesta".

  • Depressão pode ser mais prejudicial para o coração do que a hipertensão

    Mundo

    Um estudo recente estabelece uma nova ligação entre depressão e distúrbios cardíacos. De acordo com a investigação publicada na revista Atheroscleroses, o risco de vir a sofrer de uma doença cardíaca grave é quase tão elevado para os homens que sofram de depressão, do que para os que tenham colesterol elevado ou obesidade, e pode mesmo ser maior do que para os que sofram de hipertensão.