sicnot

Perfil

Mundo

Confrontos na Coreia do Sul deixam 70 polícias feridos

Na Coreia do Sul, manifestantes e polícia envolveram-se em violentos confrontos. Tudo começou com uma manifestação que deveria ser pacífica, em memória do naufrágio de um ferry boat, onde morreram 304 pessoas, na maioria estudantes.

Os manifestantes tentaram aproximar-se da residência do Presidente coreano e a polícia reagiu com canhões de água e gás. Pouco depois, o centro de Seul estava transformado num campo de batalha.

Os manifestantes tentaram aproximar-se da residência do Presidente coreano e a polícia reagiu com canhões de água e gás. Pouco depois, o centro de Seul estava transformado num campo de batalha.

YONHAP / Lusa

Um ano depois, os familiares das vítimas responsabilizam os governantes e a corrupção no país pela tragédia. 

Os manifestantes tentaram aproximar-se da residência do Presidente coreano e a polícia reagiu com canhões de água e gás. Pouco depois, o centro de Seul estava transformado num campo de batalha. 

Segundo as autoridades, 70 polícias ficaram feridos nos confrontos.
  • Oceanário de Lisboa dá formação sobre impacto da acumulação de plásticos nos oceanos
    2:37
  • Trump e Netanyahu discutiram "ameaças que o Irão coloca"

    Mundo

    O novo Presidente norte-americano, Donald Trump, e o primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, debateram "as ameaças que o Irão coloca" e concordaram que a paz israelo-palestiniana só pode ser "negociada diretamente", anunciou este domingo a Casa Branca.