sicnot

Perfil

Mundo

Explosão de plataforma petrolífera no Golfo do México foi há cinco anos

Faz esta segunda-feira cinco anos que explodiu a plataforma petrolífera da BP, que provocou uma maré negra no Golfo do México. A 20 de abril de 2010, o rebentamento matou 11 trabalhadores e afundou a plataforma em apenas dois dias.

Os cientistas acreditam que os efeitos da maré negra vão sentir-se ainda durante vários anos. (Arquivo)

Os cientistas acreditam que os efeitos da maré negra vão sentir-se ainda durante vários anos. (Arquivo)

© Ho New / Reuters

Nos três meses seguintes, foram libertados no oceano 200 milhões de galões de petróleo.

O derrame de combustível provocou um dos maiores desastres ambientais que alguma vez atingiu a costa norte-americana e afetou fauna e flora, em centenas de quilómetros da zona costeira, e matou milhares de animais.

Os cientistas acreditam que os efeitos da maré negra vão sentir-se ainda durante vários anos.
  • Obras no Miradouro de São de Pedro de Alcântara não foram a concurso
    2:50

    País

    As obras no Miradouro de São Pedro de Alcântara, em Lisboa, arrancaram esta segunda-feira. A intervenção foi adjudicada à construtora Teixeira Duarte sem concurso público. A autarquia justifica esta decisão com o caráter urgente da obra, argumento que não consta do relatório do Laboratório Nacional de Engenheria Civil, a que a SIC teve acesso.

  • Rajadas de vento em Moscovo atingem os 110 km/hora
    0:57

    Mundo

    A passagem de uma tempestade por Moscovo fez pelo menos 11 mortos e mais de 50 feridos. Os ventos fortes, que chegaram aos 110 km/hora, destruíram carros e telhados e provocaram atrasos nos transportes. Na região de Stavropol, mais de 60 mil pessoas foram retiradas de casa por perigo de cheias.