sicnot

Perfil

Mundo

Obituário de norte-americano pede à família e amigos para não votarem em Hillary Clinton

A família do norte-americano Larry Upright, falecido há uma semana, decidiu colocar, na mensagem de obituário,  uma mensagem política: não votem em Hilary Clinton. 

Obituário publicado no site da funerária, onde a família pede "respeitosamente" que não votem em Hillary Clinton

Obituário publicado no site da funerária, onde a família pede "respeitosamente" que não votem em Hillary Clinton

Larry Upright morreu dia 13 de abril, na Carolina do Norte.  No mesmo dia, Hillary Clinton anuncia a candidatura à Casa Branca.

Uma coincidência que fez com que a família de assumisse publicamente uma posição.  Decidiram colocar, na mensagem do obituário, uma semana depois do seu desaparecimento, esta mensagem: "A família pede-lhe respeitosamente que não vote em Hillary Clinton em 2016. R.I.P. Avozinho".

É que que Larry era um homem de fortes convicções políticas. Republicano apaixonado pela política, Larry, já se percebeu, não morria de amores pelos Clinton. 

Mike Upright, um dos filhos de Larry, acredita: "Ele está lá em cima a rir-se à gargalhada".  Os opositores de Hilary Clinton agradecem. Quanto à candidata presidencial, é bem provável que não tenha achado muita piada.  





 

  • Apoio de Obama a Hillary Clinton "não é automático"

    Mundo

    O Presidente norte-americano, Barack Obama, não apoiará automaticamente a nomeação de Hillary Clinton como candidata presidencial do Partido Democrata, indicou hoje a Casa Branca, acrescentando que Obama esperará pelas primárias antes de apoiar formalmente um candidato.

  • Clinton começa campanha de proximidade no Iowa
    1:55

    Mundo

    Hillary Clinton já está em campanha para as primárias dos democratas norte-americanos. A ex-secretária de Estado começou pelo estado do Iowa, onde esteve reunida com alunos e professores. Até maio, a campanha promete ser de contacto directo com os eleitores.

  • Hillary Clinton alvo dos ataques do Partido Republicano
    2:18

    Mundo

    Menos de 24 horas depois de ter anunciado a candidatura às presidenciais de 2016, Hillary Clinton já é alvo dos ataques do partido Republicano. É a segunda e derradeira tentativa da ex primeira-dama e antiga secretária de Estado de se tornar a primeira mulher a dirigir os Estados Unidos.

  • Costa desvaloriza ameaça e mantém planos de visita a Angola
    2:27

    Economia

    O governo angolano reagiu duramente à acusação do Ministério público portugues contra o vice-presidente de Angola. Luanda diz que a acusação é um sério ataque à República de Angola que pode perturbar as relações entre os dois paises. António Costa desvaloriza a ameaça e mantém os planos de uma visita a Angola na primavera.

  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas.

  • Luaty Beirão agredido em manifestação em Luanda
    1:27

    Mundo

    Luanda tem sido palco de várias manifestações contra a forma como está a decorrer o processo eleitoral em Angola. Esta sexta-feira, uma dessas manifestações acabou em confrontos com as autoridades. Entre os manifestantes estava o ativista Luaty Beirão.

  • Regime de Pyongyang nega envolvimento na morte de Kim Jong-nam 
    1:53

    Mundo

    A polícia da Malásia diz que o irmão do líder da Coreia do Norte foi morto com uma arma química. Os investigadores encontraram vestígios de gás VX no corpo de Kim Jong-nam, um gás letal proibido pelas convenções internacionais. O Governo da Coreia do Sul pediu esta sexta-feira ao regime de Pyongyang que admita que está por detrás da morte de Kim Jong-nam mas o mesmo já veio negar o envolvimento no assassinato.