sicnot

Perfil

Mundo

Obituário de norte-americano pede à família e amigos para não votarem em Hillary Clinton

A família do norte-americano Larry Upright, falecido há uma semana, decidiu colocar, na mensagem de obituário,  uma mensagem política: não votem em Hilary Clinton. 

Obituário publicado no site da funerária, onde a família pede "respeitosamente" que não votem em Hillary Clinton

Obituário publicado no site da funerária, onde a família pede "respeitosamente" que não votem em Hillary Clinton

Larry Upright morreu dia 13 de abril, na Carolina do Norte.  No mesmo dia, Hillary Clinton anuncia a candidatura à Casa Branca.

Uma coincidência que fez com que a família de assumisse publicamente uma posição.  Decidiram colocar, na mensagem do obituário, uma semana depois do seu desaparecimento, esta mensagem: "A família pede-lhe respeitosamente que não vote em Hillary Clinton em 2016. R.I.P. Avozinho".

É que que Larry era um homem de fortes convicções políticas. Republicano apaixonado pela política, Larry, já se percebeu, não morria de amores pelos Clinton. 

Mike Upright, um dos filhos de Larry, acredita: "Ele está lá em cima a rir-se à gargalhada".  Os opositores de Hilary Clinton agradecem. Quanto à candidata presidencial, é bem provável que não tenha achado muita piada.  





 

  • Apoio de Obama a Hillary Clinton "não é automático"

    Mundo

    O Presidente norte-americano, Barack Obama, não apoiará automaticamente a nomeação de Hillary Clinton como candidata presidencial do Partido Democrata, indicou hoje a Casa Branca, acrescentando que Obama esperará pelas primárias antes de apoiar formalmente um candidato.

  • Clinton começa campanha de proximidade no Iowa
    1:55

    Mundo

    Hillary Clinton já está em campanha para as primárias dos democratas norte-americanos. A ex-secretária de Estado começou pelo estado do Iowa, onde esteve reunida com alunos e professores. Até maio, a campanha promete ser de contacto directo com os eleitores.

  • Hillary Clinton alvo dos ataques do Partido Republicano
    2:18

    Mundo

    Menos de 24 horas depois de ter anunciado a candidatura às presidenciais de 2016, Hillary Clinton já é alvo dos ataques do partido Republicano. É a segunda e derradeira tentativa da ex primeira-dama e antiga secretária de Estado de se tornar a primeira mulher a dirigir os Estados Unidos.

  • Marine devolve bandeira do Japão 73 anos depois 
    2:13

    Mundo

    Setenta e três anos depois da batalha mais sangrenta do Pacífico, um veterano dos Estados Unidos cumpriu uma promessa pessoal. Marvin Strombo devolveu à família a bandeira da sorte de um soldado japonês, morto em 1944, em Saipan, na II Guerra Mundial. 

  • Autoridades usam elefantes para resgatar pessoas das cheias na Ásia
    1:31

    Mundo

    Mais de 215 pessoas morreram nas inundações que estão a devastar o centro da Ásia, e estima-se que três milhões tiveram de abandonar as casas. As autoridades estão a usar elefantes para resgatar locais e turistas das zonas mais afetadas e avisam que há dezenas de pessoas desaparecidas.