sicnot

Perfil

Mundo

Papa Francisco condena ressurgimento do antissemitismo na Europa

O papa Francisco condenou hoje o antissemitismo na Europa, tendência que considerou preocupante, e defendeu, perante rabinos europeus, "o diálogo sistemático" iniciado há 50 anos entre cristãos e judeus. 

Andrew Medichini

"As tendências antissemitas e certos atos de ódio e de violência são preocupantes na Europa. Os cristãos não podem deixar de ser firmes na condenação de qualquer forma de antissemitismo", afirmou.  

O papa argentino recebia em audiência os responsáveis da Confederação dos Rabinos Europeus (CRE), uma estreia desde a fundação desta organização, em 1956. 

Numa referência ao documento do Concílio Vaticano II "Nostra Aetate", que em 1965 tinha expresso o respeito por outras religiões, incluindo o Judaísmo, em rutura com séculos de antijudaísmo católico, Francisco sublinhou que este diálogo progredia "há quase meio século de forma sistemática". 

"Judeus e cristãos têm a responsabilidade de contribuir para manter vivo o sentido religioso dos homens e da nossa sociedade, testemunhando a santidade da vida humana", disse. 

O papa homenageou o rabino de Roma Elio Toaff, "homem de paz e de diálogo", que morreu no domingo em Roma. Toaff desempenhou um papel essencial na aproximação judaico-cristã ao receber, na sua sinagoga, o papa João Paulo II em 1986. Os dois homens desenvolveram uma amizade depois desta visita histórica. 

O grande rabino de Moscovo Pinchas Goldshmidt, presidente do CRE, sublinhou que os judeus são atualmente na Europa as "vítimas colaterais" de uma ofensiva antimuçulmana instrumentalizada pelos meios de extrema-direita.

Os judeus são "como um homem de pé sobre carris, entre dois comboios que se deslocam a grande velocidade, um em direção ao outro, e que não sabe qual o comboio que o vai atingir em primeiro", disse, recorrendo a uma metáfora. 

"De um lado as nossas sinagogas, as nossas escolas, os nossos museus, os nossos idosos e os nossos jovens são atacados e mortos por imigrantes radicalizados. É um comboio. O outro comboio é a reação da velha Europa secularizada de radicalismo muçulmano. Em vez de combater os radicais muçulmanos, a velha Europa ripostou por um ataque de grande amplitude contra o Islão, proibindo a construção de minaretes, o uso do véu para as mulheres, procurando proibir a carne hallal (preparada de acordo com a lei islâmica) e a circuncisão", afirmou o rabino de Moscovo. 

"Os judeus europeus são as vítimas colaterais desta ofensiva. O exemplo mais gritante é quando Marine Le Pen, líder da Frente Nacional, aprovou uma proibição do uso em público de elementos religiosos, incluindo o kippa (barrete judeu)", denunciou. 

A CRE é uma das principais vozes do Judaísmo na Europa e agrupa cerca de 600 rabinos ortodoxos em perto de 40 países. 

Lusa

  • Ricardo Salgado constituído arguido no processo EDP

    País

    Ricardo Salgado foi constituído arguido no processo EDP. Uma notícia confirmada pela defesa do antigo banqueiro. A defesa de Ricardo Salgado diz ser falsa e despropositada a tese do Ministério Público e nega que o banqueiro tenha participado num suposto ato de corrupção em benefício do GES e da EDP.

  • DJ Avicii morre aos 28 anos

    Cultura

    Tim Bergling, conhecido por Avicii e um dos mais famosos DJ's do mundo, morreu aos 28 anos. A notícia foi avançada pelo site TMZ, que adianta que o DJ e produtor sueco foi encontrado morto esta sexta-feira em Muscat, em Omã, e os detalhes da morte ainda não são conhecidos.

    SIC

  • Avicii tinha deixado os palcos há 2 anos por motivos de saúde
    2:14
  • "Não andámos a tomar calmantes, nem a dar abracinhos"
    0:52

    Desporto

    Rui Vitória recusa atirar a toalha ao chão. O treinador do Benfica acredita que ainda muito pode acontecer e revela a motivação da equipa depois da derrota com o FC Porto na Luz, que levou à perda da liderança a quatro jornadas do fim.

  • Passageiros do voo da Southwest Airlines usaram as máscaras de oxigénio ao contrário

    Mundo

    Uma pessoa morreu e sete outras ficaram feridas esta terça-feira depois de um avião da Southwest Airlines ter aterrado de emergência no aeroporto de Filadélfia, nos Estados Unidos. Ao longo da semana várias pessoas ligadas à aviação fizeram comentários sobre a forma como os passageiros utilizaram as máscaras de oxigénio, como é o caso de Bobby Laurie, um ex-comissário de bordo.

    SIC

  • "Se não querem que vos baixem as calças, não se tornem modelos"

    Cultura

    "Se não querem que vos baixem as calças, não se tornem modelos", esta foi apenas uma das declarações de Karl Lagerfeld sobre as denúncias de abuso sexual, que estão a marcar o mundo do cinema, da música e da moda. Numa entrevista, o diretor criativo da Chanel e da Fendi declarou mesmo que estava farto do #MeToo, o movimento usado para denunciar estes casos de abusos por todo o mundo.

    SIC

  • Já pode escolher uma morte amiga do ambiente

    Mundo

    Preocupa-se com o ambiente? Recicla? Prefere andar a pé ou partilhar transportes? Então saiba que a partir de agora a morte também pode ser amiga do ambiente. Desde caixões degradáveis de vime a cremação líquida, já é possível diminuir o impacto ambiental da morte.

    SIC

  • Mágico comove audiência do Britain's Got Talent com a história de cancro da mulher e da filha
    5:16