sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos nove mortos em ataque a autocarro da ONU na Somália

Um ataque esta manhã a uma coluna das Nações Unidas na Somália fez pelo menos nove mortos, dois quenianos e sete guardas somalis. Os funcionários da ONU seguiam num autocarro que terá explodido à entrada de uma base da organização na cidade de Garowe, no norte do país.

De acordo com as autoridades, o complexo da ONU não foi atingido. 

O atentado foi reivindicado pelo Al Shabaab, o grupo jihadista que luta para impôr um estado islâmico no país e que, ontem, num ataque a uma coluna da Missão da União Africana na Somália, matou 13 soldados do Burundi. 

O representante da ONU na Somália, Nicholas Kay, condenou entretanto o ataque de hoje. Na rede social Twitter escreveu estar profundamente chocado e consternado com estas mortes.

  • Presidente catalão garante ter plano de contingência
    2:14
  • "Não há um verdadeiro debate democrático em Espanha"
    2:24
    Quadratura do Círculo

    Quadratura do Círculo

    QUINTA-FEIRA 23:00

    No Quadratura do Círculo desta quinta-feira, José Pacheco Pereira disse que este braço de ferro em território espanhol reforça a linha autoritária que existe em Espanha. Jorge Coelho considera que é urgente recorrer à diplomacia para definir um caminho a médio ou a longo prazo. Já o gestor Manuel Queiró afirma que Portugal não deve encarar este referendo com condescendência. 

  • Subimos ao novo miradouro no pilar da Ponte 25 de Abril
    2:06
  • Uber perde licença para operar em Londres

    Economia

    O regulador de transporte de Londres decidiu hoje que vai retirar à Uber a licença para operar na capital britânica. A proibição entra em vigor no final deste mês e vai afetar 40 mil motoristas da empresa multinacional norte-americana.

  • 60 sobreviventes resgatados dos escombros no México
    1:21