sicnot

Perfil

Mundo

Primeira ponte ferroviária sino-russa estará concluída no final de 2016

A construção da primeira ponte ferroviária entre a China e a Rússia, com 2,2 quilómetros de extensão, "avança com rapidez", devendo estar concluída no final de 2016, anunciou hoje a imprensa oficial chinesa.

© Jo Yong hak / Reuters

A ponte, com uma capacidade de transporte de 21 milhões de toneladas por ano, atravessará o rio Heilongjiang (Amur, em russo) entre Tongjiang a Nizhneleninskoye, na secção oriental da longa fronteira sino-russa.

Segundo a imprensa local, a China tenciona investir no projeto 2.640 milhões de yuan (400 milhões de euros).

O objetivo é "desenvolver o comércio, os transportes e o turismo entre os dois países".

China e Rússia partilham uma fronteira com cerca 4.200 quilómetros de extensão.

As duas economias são consideradas "largamente complementares", sobertudo no domínio energético, e no plano político, devido às tensões com os governos ocidentais, Pequim e Moscovo estão também cada vez mais próximos.


Lusa
  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Segunda-feira no Jornal da Noite